MBC responde à Folha de S.Paulo

“É com perplexidade que o Movimento Brasil Competitivo acompanhou, na edição do último sábado (6 de junho) da Folha de S. Paulo, o texto intitulado “Petrobras contrata ONG por R$ 16,1 milhões” (página A9). É desprovida de qualquer sentido a tentativa da reportagem em relacionar (ainda que indiretamente) como suspeitos os investimentos feitos pela Petrobras nos projetos liderados pelo MBC – valores que se limitam, como o próprio artigo menciona, a 7% da arrecadação do Movimento. Com resultados comprovados e auditados, o MBC e sua equipe são regidos desde sua fundação, em 2001, pelos mais rigorosos princípios de ética, transparência e pelo compromisso com a modernização do País, por meio do aumento radical de qualidade nas organizações públicas e privadas. Os programas são mantidos com apoio de associados que participam do conselho da entidade conforme determina seu estatuto, numa relação aberta com governos, imprensa e sociedade, de forma geral.

Algumas das maiores e mais conceituadas empresas do País apóiam esse movimento. Todos acompanham o desempenho dos projetos e a aplicação correta dos recursos. Apenas como exemplo, o Programa Modernizando a Gestão Pública (PMGP) gerou, em 2007 e 2008, quase R$ 10 bilhões de retorno para estados e prefeituras, perante um investimento de apenas R$ 65,5 milhões no período, provenientes de 57 empresas.

É importante deixar claro que todo o ganho (e nesse caso um ganho significativo) aumenta a capacidade de investimento do Estado, assim melhorando a qualidade de vida da população. Além de PE, AL, SE, BA, RJ e AM (estados beneficiários citados no texto), o MBC desenvolve ações de gestão pública em SP, RS, MT e em mais dezenas de cidades de todos os portes. Esses dados e muitos outros foram informados à reportagem da Folha em mais de uma ocasião, mas não foram mencionados no texto. Este, sem a devida contextualização, acaba por tentar, de forma injusta, envolver o MBC em ilações políticas infundadas.”

Claudio Gastal, diretor-presidente do Movimento Brasil Competitivo

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes