Respostas da Petrobras ao jornal O Globo

24 de junho de 2009 / 23:40 Respostas à Imprensa Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

jornais2- Um documento do Ministério Público Federal, datado do dia 17 de junho e enviado à Justiça Federal de Mato Grosso esta semana, sugere que seja efetuada a quebra do sigilo telefônico do número 21-9997-3688 e outros cadastrados em nome de Wilson Santarosa no período de 1/08/06 a 15/09/06, além da quebra de sigilo do número11-9902-3363 em nome de Paulo Eduardo Nave Maramaldo bem como de “outros” aparelhos habilitados em nome dele e de sua empresa NM Engenharia, no mesmo período. Qual a relação de Wilson Santorosa com Paulo Eduardo Nave Maramaldo?

Resposta: Wilson Santarosa desconhece a empresa NM Engenharia e o senhor Paulo Eduardo Nave Maramaldo.

- A CPI das Ambulâncias, em seu relatório final, pede que o Ministério Público e a Polícia Federal aprofundem as investigações sobre sobre as relações de Santarosa e Hamilton Lacerda, indiciado pela PF por ter sido a pessoa que levou o R$ 1,7 milhão ao hotel Ibis Congonhas, onde estavam hospedados Gedimar Passos e Valdebran Padilha. Eles trocaram 16 telefonemas no período da negociação do dossiê. Em que circunstâncias se deram estes contatos e o que os motivou?

Resposta: Este assunto é a retomada de tema de 2006 sobre o qual a Petrobras, já naquele período, prestou todos os esclarecimentos. Como já foi informado em 2006, Wilson Santarosa falou algumas vezes por telefone com Hamilton Lacerda, que solicitou ingressos para Fórmula-1 e adesão a jantar de apoio ao então candidato ao Senado Aloizio Mercadante. Desde então, não surgiu nenhum dado novo que justifique suspeitas ou investigações. A Petrobras mais uma vez reitera que não há qualquer envolvimento do gerente executivo da Comunicação Institucional, Wilson Santarosa, no que a imprensa chamou de “escândalo dos aloprados”. Qualquer insinuação nesse sentido está baseada em informações tendenciosas. Wilson Santarosa nunca foi intimado pela Polícia Federal nem convocado pelo Ministério Público a dar explicações nas investigações citadas.

- Que tipo de serviço a empresa NM Engenharia presta para a Petrobrás e qual o valor do contrato?

Resposta: Ainda estamos apurando a informação.

Observação de um internauta: na segunda resposta, onde se lê “então candidato ao Senado Aloizio Mercadante”, leia-se “então candidato a governador do Estado de São Paulo, o senador Aloizio Mercadante”

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes