Respostas da Petrobras aos jornais Estado de Minas e Correio Braziliense

24 de junho de 2009 / 23:59 Respostas à Imprensa Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

jornais3Pergunta: Documentos obtidos pelo Estado de Minas e Correio Braziliense demonstra que os diretores tiveram aumento de até 105% em cinco anos de governo. Por exemplo, os vencimentos (salário + bonos) do diretor de operações Guilherme de Oliveira Estrella, saltaram de R$ 342.939,40 em 2003, para R$ 701.664,79, em 2007. Já os vencimentos de diretor de serviços Renato de Souza Dutra saltaram de R$ 368.711,36  para R$ 707.260,68. A que se deve esse aumento?

Resposta da Petrobras: Anualmente, a Petrobras divulga a remuneração global dos 21 membros da Diretoria Executiva (6 diretores e o presidente), do Conselho de Administração (9) e do Conselho Fiscal (5), aprovada na Assembléia Geral dos Acionistas (AGO), de acordo com o Estatuto Social da Companhia. A Companhia não divulga a remuneração individual dos membros da alta administração.

A Assembléia Geral dos Acionistas de 2003, realizada em 27 de março, fixou remuneração global em R$ 4,8 milhões, incluindo, no caso da Diretoria Executiva, honorários mensais, gratificação de férias, 13º salário, bem como de participação nos lucros, conforme o Estatuto Social da Companhia e nos  termos  do  Decreto  nº 3.255, de 19.11.1999.

A Assembléia realizada em 2 de abril de 2007 fixou remuneração global em R$ 7,4 milhões. O incremento foi de 54% no período 2003 – 2007.
A título de comparação, o reajuste de salários dos empregados da Petrobras foi de 62%.

Pergunta: Os membros do conselho também tiveram aumento nos mesmos níveis?

Resposta da Petrobras: Os membros dos Conselhos Fiscal e de Administração recebem um décimo (10%) da média mensal do que recebem os membros da Diretoria Executiva, excluídos os valores relativos à gratificação de férias, participação nos lucros e resultados etc. Esses valores também são fixados na Assembléia Geral dos Acionistas da Petrobras.

Pergunta: A partir de 2007, foram concedidos novos reajustes aos diretores?

Resposta da Petrobras: A Assembléia Geral dos Acionistas de 2008, realizada em 4 de abril, fixou remuneração global em R$ 9,8 milhões. Na assembléia de 2009, realizada em 8 de abril, a remuneração global foi reduzida para R$ 8,2 milhões. Nesta assembleia, ficou vedado o repasse de quaisquer benefícios, como reajuste salarial, que eventualmente venham a ser concedidos aos empregados da Petrobras, por ocasião de Acordo Coletivo de Trabalho na data-base de 2009.

Pergunta: Os salários dos membros dos conselhos se equiparam com o dos diretores, que tem média de vencimentos mensal de R$ 60 mil?

Resposta da Petrobras: Conforme já explicado, os membros do Conselho de Administração e os titulares do Conselho Fiscal recebem 10% da média mensal da remuneração dos membros da Diretoria Executiva.

De acordo com o relatório financeiro e demonstrações contábeis da Companhia (DFP 2008), a maior remuneração de um dirigente (Diretor) foi R$ 59.465,04, com base em dezembro de 2008.

Comparações entre a remuneração dos diretores e conselheiros das maiores empresas do país, publicadas nos jornais Folha de São Paulo (6/4) e O Globo (18/1), mostram que a remuneração da Petrobras é a menor entre elas.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes