Pré-sal: comprovada alta produtividade em Guará

9 de setembro de 2009 / 08:08 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Foi concluído o teste de formação em poço da área denominada Guará , em águas ultra-profundas da Bacia de Santos, tendo sido estimado um volume de óleo recuperável na faixa de 1,1 a 2 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural, com densidade em torno de 30º API. O poço testado, o 1-SPS-55 (ou 1-BRSA-594) localiza-se em área de avaliação no bloco BM-S-9, em profundidade (lâmina d’agua) de 2.141 metros, a cerca de 310 km da costa do Estado de São Paulo e 55 km a sudoeste da área de Tupi.

Os dados obtidos até o momento constatam uma altíssima produtividade dos reservatórios com óleo do pré-sal nesta área. Durante o teste foram verificadas vazões da ordem de 7 mil barris por dia, limitada à capacidade dos equipamentos do teste. A produção inicial deste poço está sendo estimada em cerca de 50 mil barris de petróleo por dia.

Com o resultado deste teste de formação, a área de Guará deverá ser priorizada para o recebimento do sistema de produção, atualmente em processo de licitação, para o pré-sal da Bacia de Santos.

O consórcio, formado pela Petrobras (45% – operadora), BG Group (30%) e Repsol (25%), dará continuidade às atividades e investimentos necessários para a avaliação das jazidas descobertas nesta área, conforme o Plano de Avaliação aprovado pela ANP. A perfuração de um novo poço nesta área está prevista para iniciar-se até o final deste ano.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes