Petrobras contribui para renovação da indústria naval brasileira

11 de setembro de 2009 / 20:38 Informes,Reportagens Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

evetoA Transpetro realizou nesta sexta-feira (11/9), no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Ipojuca (PE), o batimento de quilha – ato que simboliza o início da montagem – do primeiro navio do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef). A solenidade contou com as presenças dos presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva, da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, e da Transpetro, Sergio Machado. Clique aqui para ver parte do discurso do presidente da Petrobras.

O petroleiro tem capacidade para transportar um milhão de barris de óleo e será entregue à Transpetro em abril de 2010. Além deste, outros três navios do Promef serão incorporados no próximo ano. A escala gerada pelas encomendas da Transpetro por meio do Promef, iniciado em 2005, mudou a indústria naval brasileira .  O Brasil hoje tem a quinta maior carteira mundial de encomendas de petroleiros.

Em suas duas etapas, o Promef prevê 26 navios na primeira fase e 23 na segunda, num total de 49 navios. O programa vai gerar 40 mil empregos diretos e os 49 navios encomendados somarão quatro milhões de toneladas de porte bruto.

Leia também: Petrobras aprovou contratação de até 28 novas sondas de perfuração. Veja a repercussão no noticiário online.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes