Carta a Sardenberg: “Votos hoje, problemas amanhã”

22 de setembro de 2009 / 19:34 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Com relação ao artigo “Votos hoje, problemas amanhã” (21/9), do jornalista Carlos Sardenberg, publicado no jornal O Estado de São Paulo, a Petrobras informa que a Refinaria de Pernambuco é um investimento previsto no Plano de Negócios da Companhia e tem lugar especial no parque de refino atual do País. Depois de 30 anos, a Petrobras começou a construção de uma nova refinaria para o trato do petróleo pesado brasileiro, que de outra forma seria exportado a preços bastante inferiores aos dos petróleos leves. A instalação da Refinaria em Pernambuco visa a suprir o mercado do Nordeste e eliminar a importação, tornando o Brasil autossuficiente nos principais derivados de petróleo, além de propiciar ganhos logísticos para o sistema Petrobras. Dos 230 mil barris diários processados, 70% será de diesel padrão europeu, e o restante de gás liquefeito de petróleo (GLP), nafta petroquímica, óleo combustível e coque. É importante que o Brasil faça frente ao aumento da demanda de diesel, combustível de maior valor na cadeia do petróleo e ainda importado pelo País.

A Petrobras também esclarece que, quando da elaboração do seu Plano de Negócios, considera valores estimados de investimentos dos projetos de acordo com premissas traçadas para preço de óleo, taxa de câmbio, custos estimados de bens e serviços, entre outros. À medida que o tempo evolui, podem sofrer alterações em função de condições econômicas diferentes e de maior detalhamento dos projetos. Os valores reais dos investimentos somente serão conhecidos após a conclusão de todos os procedimentos licitatórios.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes