Aumento das reservas brasileiras: sucesso exploratório da Petrobras

20 de outubro de 2009 / 15:46 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

No período de 1999 a 2008, a Petrobras incorporou às suas reservas cerca de 4 bilhões de barris de óleo, enquanto os demais concessionários adicionaram, juntos, 700 milhões de barris, boa parte em parcerias com a própria Petrobras.

Nesse mesmo período, as reservas brasileiras  (ANP) passaram de 8,2 para 12,8 bilhões de barris de óleo,  das quais mais de 93% são resultado do esforço exploratório da Companhia. Ou seja, conforme já publicado no post “’É preciso discutir mais e melhor’, diz FHC” , de 4/10, o “sucesso” do modelo de concessão deve-se, quase que integralmente, ao sucesso da Petrobras.

Fontes: ANP e Petrobras

Com relação aos blocos exploratórios concedidos nas rodadas de licitação da ANP, a Petrobras tem priorizado áreas promissoras, de grandes volumes recuperáveis e com óleo de boa qualidade. Essa estratégia tem-se mostrado efetiva, conforme os dados acima sobre a evolução das reservas nacionais de óleo.

 

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes