Assédio: carta à Folha de S.Paulo

2 de novembro de 2009 / 20:52 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Sobre a matéria “Senadores assediam Petrobras por verbas” , publicada em 2/11 (págs. A4 e A8), a Petrobras esclarece que recebe anualmente milhares de solicitações, das mais diversas origens: senadores, deputados, governadores, prefeitos, líderes empresarias, entidades profissionais, entidades diversas etc. As solicitações apresentadas envolvem desde projetos e ações sociais até propostas de parceria técnica, voltadas por exemplo ao desenvolvimento regional. Não há nenhuma irregularidade nestes pleitos. Todos são analisados tecnicamente pela Petrobras, com critério e rigor. A decisão de atendê-los ou não envolve, em primeiro lugar, a viabilidade técnica. Em segundo, a conveniência para a empresa, com base em suas diretrizes e políticas. Não existe nenhum beneficiamento partidário neste processo. Parlamentares da base de oposição já tiveram pleitos atendidos pela Petrobras, enquanto parlamentares da base do governo já tiveram suas solitações negadas – em ambas as situações, após criteriosa análise técnica.

Veja aqui matéria “Senadores assediam Petrobras por verbas” como publicada na Folha Online

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes