Investimento de US$ 10 bi no sul do país, diz Gabrielli em seminário

28 de novembro de 2009 / 09:23 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, participou na tarde desta sexta-feira (27/11) do ciclo de seminários “O pré-sal e Santa Catarina”, realizado em Joinville (SC). Na ocasião Gabrielli destacou os principais pontos da proposta para o marco regulatório do pré-sal, além de detalhar os impactos dos investimentos previstos no Plano de Negócios da Companhia (2009-2013) para o estado.

Segundo Gabrielli, “dos US$ 174 bilhões que serão investidos pela Petrobras até 2013, cerca de US$ 10 bilhões serão destinados aos estados do Sul do país.

Com isso, a previsão de geração de empregos na região é de aproximadamente 22 mil diretos e outros 29 mil indiretos ligados ao setor de petróleo e gás“. O presidente da Petrobras destacou ainda que nos primeiros nove meses deste ano a Companhia investiu R$ 50 bilhões, sempre com preocupação em fortalecer a indústria nacional. “Seguindo nossa política de conteúdo nacional, do total de investimentos feitos em 2009 até agora, 74% foram aplicados internamente“, ressaltou Gabrielli. Questionado sobre a possível instalação de um Terminal de Regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) em Santa Catarina, Gabrielli ponderou que a questão ainda está em estudo pela Companhia.

Com relação ao novo marco regulatório, Gabrielli apresentou as principais diferenças entre os modelos de concessão e partilha de produção que estão em estudo pelo Congresso Nacional. Ele lembrou que no modelo de concessão a empresa concessionária é dona do petróleo após a retirada do subsolo, enquanto no novo modelo proposto, os ganhos são divididos entre União e empresas, o que representaria uma redivisão dos ganhos em virtude do baixo risco exploratório.

O presidente destacou, ainda, que a Petrobras é a maior operadora nos blocos do pré-sal já concedidos (28% do total). “O operador é a empresa responsável pelas decisões técnicas, pelas decisões de projeto. A Petrobras é quem mais conhece o pré-sal brasileiro e como operadora única garantirá que todo o conhecimento adquirido com a exploração fique em poder do povo brasileiro”, afirmou.

Na próxima segunda-feira (30/11), o diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella, encerra o ciclo “O pré-sal e Santa Catarina”, em Itajaí, a partir das 09h

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes