“É proibido fumar” estréia nesta sexta: veja o trailer

4 de dezembro de 2009 / 17:50 Vídeos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Com patrocínio Petrobras, o filme “É proibido fumar” estréia nesta sexta-feira (04/12) em todo país. O novo longa-metragem de Anna Muylaert foi o grande vencedor do Festival de Brasília, com oito troféus, inclusive o Candango de melhor filme. Glória Pires e Paulo Miklos, que interpretam os protagonistas, também receberam os prêmios de melhor atriz e melhor ator, respectivamente.

Assista ao trailer:

Maior patrocinadora da cultura brasileira , a Petrobras é a principal incentivadora do cinema nacional e foi uma das principais responsáveis pela retomada do setor no país na década de 90. Hoje, com o Programa Petrobras Cultural, são lançados anualmente editais para produção de filmes de longa e de curta-metragem, difusão em salas de cinema, festivais em todas as regiões do país e outras iniciativas de estímulo à produção cinematográfica brasileira.

Desde 2000, a Petrobras já patrocinou mais de 700 projetos de audiovisual, incluindo a produção de cerca de 190 curtas-metragens em 35mm e mídias digitais, 170 longas-metragens, 219 edições de festivais e mostras, 121 projetos de difusão de filmes, entre outras iniciativas como livros, projetos de restauro e oficinas.

Sinopse do filme “É proibido fumar” conta a história de Baby (Glória Pires), que vive sozinha no apartamento que herdou da mãe, dando aulas de violão para alunos desinteressados, disputando com as irmãs cacarecos de família, e fumando um cigarro atrás do outro. Quando Max (Paulo Miklos), músico que vive de tocar samba em uma churrascaria, se muda para o apartamento vizinho, ela lembra que a vida pode ser mais interessante. Por amor, enfrentará uma luta desesperada contra o cigarro, sem saber que uma ameaça muito maior à sua felicidade a espera.

O elenco traz ainda Marisa Orth, Antônio Abujamra, Paulo Cesar Pereio, Theo Werneck, Pitty e Lourenço Mutarelli, entre outros, em participações especiais. “É proibido fumar” é o segundo longa-metragem de Anna Muylaert. Em 2002, ela dirigiu “Durval Discos”, que também recebeu patrocínio da Petrobras e conquistou prêmios em festivais nacionais e internacionais, como o Festival de Gramado.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes