Refinaria Abreu e Lima: carta a revista Veja

31 de dezembro de 2009 / 23:19 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Em relação à reportagem “Desvios subterrâneos”, a Petrobras esclarece que não existe sobrepreço nem “jogo de planilha” nas obras da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

A Companhia realiza as licitações pelo menor valor global da obra. Quando são necessários itens além dos previstos em contrato, a negociação é feita caso a caso, pelo valor de mercado. A empresa esclarece, ainda, que existem diferenças entre as metodologias de custos adotadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e pela Petrobras.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes