Refinaria do Maranhão processará 600 mil barris/dia

14 de janeiro de 2010 / 16:51 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, visitará nesta sexta-feira (15/1) as obras da refinaria Premium I, em Bacabeira (MA).  Com capacidade para processar 600 mil barris por dia, a Premium I refinará o equivalente a um terço de todo o petróleo nacional atualmente produzido pela Petrobras. A unidade  entrará em operação em duas fases – a primeira, com capacidade para 300 mil barris por dia, está prevista para setembro de 2013, e a segunda, para setembro de 2015. Ela terá faixa de dutos e terminal portuário, para receber petróleo e escoar derivados.

A refinaria será uma das quatro novas unidades de refino da Petrobras no Nordeste. O projeto visa a aumentar a produção nacional e facilitar a distribuição regional de derivados combustíveis de alta qualidade, como óleo diesel, querosene de aviação (QAV), nafta petroquímica, gás liquefeito de petróleo (GLP), bunker (combustível para navios) e coque.

Durante coletiva técnica, nesta quinta-feira (14), em São Luis (MA), o gerente de implantação da refinaria, Adalberto Santiago Barbalho, estimou que a movimentação no porto de Itaqui deverá ser de 110 navios por mês com a instalação da refinaria, o dobro da movimentação atual. 

Barbalho explicou ainda a logística do empreendimento.“Nosso objetivo principal é a produção de derivados para exportação. Mais de 60% da produção da refinaria será de diesel de alta qualidade. Em Itaqui, teremos um terminal associado ä refinaria para o recebimento de petróleo e saída de derivados”, disse.

Estima-se que o empreendimento demandará, durante a fase de construção, 132 mil postos de trabalho, diretos, indiretos e por efeito renda, em todo o Brasil. No pico das obras, previsto para 2012, 26 mil pessoas estarão diretamente envolvidas. Para a operação da refinaria, o efetivo estimado é de aproximadamente 1.500 trabalhadores.

Por intermédio do Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e Gás Natural (Prominp) e de outras iniciativas da Petrobras, será promovida a qualificação da mão de obra necessária à implementação da refinaria, por meio de cursos de capacitação profissional em diversas categorias, nos níveis básico, médio e superior. Somente o Prominp capacitará 22.700 pessoas até 2013.

O Termo de Compromisso para a construção da Refinaria Premium I foi assinado pelo presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e pela governadora do Maranhão, Roseana Sarney, em 14 de outubro de 2009. Antes, em maio de 2009, foi assinado o Protocolo de Entendimentos e, em 10 de julho de 2009, foi publicado o decreto do Governo do Maranhão, declarando de utilidade pública os 20 milhões de m2 do terreno.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes