Fundação Sarney: carta ao Estadão

18 de janeiro de 2010 / 19:32 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Com relação à matéria “Fundação Sarney fraudou projeto e desviou verba da Petrobrás, diz CGU”,  publicada nesta segunda-feira (18/1) por este jornal, a Petrobras esclarece que o patrocínio ao projeto da Fundação José Sarney teve como objeto a recuperação e catalogação dos acervos museológico e bibliográfico da Fundação.

O projeto foi executado e todas as contrapartidas de exposição da marca foram cumpridas. É importante ressaltar que este contrato de patrocínio não previa a digitalização do acervo.

O patrocínio à fundação foi feito via Lei Rouanet. Como é estabelecido em lei, cabe aos patrocinados prestarem contas ao Ministério da Cultura, incluindo notas fiscais de despesas realizadas. A Petrobras é responsável pela verificação do cumprimento do projeto e das contrapartidas previstas no contrato.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes