Não há irregularidades em obras: resposta aos jornais

28 de janeiro de 2010 / 12:33 Respostas à Imprensa Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Resposta enviada nesta quarta-feira (28/01) aos veículos Folha de S. Paulo, O Globo, Reuters, Estadão e Portal IG sobre empreendimentos da Petrobras.

A Petrobras reitera que não há irregularidades em contratos referentes às obras de construção da Refinaria Abreu e Lima (PE); de modernização e adequação da produção da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR/PR); de construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (COMPERJ/RJ); e de construção do Terminal de Barra do Riacho (ES). Existem diferenças nos parâmetros utilizados pelo TCU e pela Petrobras, o que resultou em diferentes valores em alguns contratos destas obras.

A Companhia colabora sistematicamente com os órgãos de controle e, quando há diferenças, procura esclarecê-las – o que vem sendo feito no caso destas quatro obras. A Petrobras sempre acata as determinações dos órgãos competentes, sejam do Executivo, do Legislativo ou do Judiciário.

Leia as matérias:

Folha de S. Paulo: Lula contraia TCU e libera verba para obras irregulares 

O Estado de S. Paulo: Lula desafia TCU e coloca dinheiro em obras da Petrobras sob suspeita   

O Globo: Lula libera obras que TCU vetou   

Portal IG: Lula desafia TCU e coloca dinheiro em obras da Petrobras sob suspeita  

Reuters: Lula sanciona Orçamento de 2010 com dois vetos     

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes