Licitação de agências de publicidade: carta à Folha de S. Paulo e ao Estadão

29 de janeiro de 2010 / 18:35 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Sobre as notícias Vazamento põe sob suspeita concorrência da Petrobras e Licitação da Petrobrás sob suspeita, divulgadas respectivamente na Folha de S. Paulo e Estadão nesta sexta-feira (29/1) referentes à licitação das agências de publicidade para atender a Petrobras, a Companhia esclarece que a análise técnica das propostas foi concluída no dia 25/1. Os convites para as agências foram emitidos no dia 26/1 para o anúncio das notas na tarde do dia 28/1. Um site especializado publicou no final da manhã do dia 28/1 as três agências mais bem colocadas. A Petrobras ressalta que esta divulgação foi posterior à conclusão da análise técnica, o que não altera nem invalida o processo licitatório.

Na tarde desta quinta-feira (28/1) foram divulgadas, na presença de representantes de todas as agências participantes do processo, as notas referentes ao número do lacre de cada proposta (etapa que vale 70 pontos), relativas aos planos de comunicação publicitária apresentados pelos licitantes. Destaque-se que o número do lacre era de conhecimento exclusivo de cada agência. O certame prossegue com a análise da capacidade de atendimento e dos “cases” apresentados pelas agências participantes da licitação (valendo 30 pontos). A etapa final será a da abertura das propostas de preço das três primeiras classificadas. Só então serão conhecidas as vencedoras do processo.

Leia o editorial publicado pelo Jornal Propaganda & Marketing nesta segunda-feira (01/2): Quando a notícia vira notícia.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes