Petrobras lança nova etapa do Programa de Voluntariado

17 de março de 2010 / 09:34 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras lança, em 17/03, a segunda etapa do seu Programa de Voluntariado. O diferencial do programa é a construção de múltiplas possibilidades de engajamento, desenvolvimento e formação continuada para os voluntários. Além de oferecer diversas formas de participação, o programa conta ainda com uma rede social online, no site www.voluntariadopetrobras.com.br, que vai facilitar a comunicação e a mobilização entre os voluntários.

Nessa nova etapa, o Programa busca fortalecer o princípio de que ninguém nasce voluntário, mas aprende a ser, na medida em que encontra oportunidades para a participação e o exercício da solidariedade, segundo o desejo e as possibilidades de cada um.

O gerente de Responsabilidade Social da Petrobras, Luís Fernando Nery, destaca que a característica da segunda fase do programa é a ampliação das oportunidades oferecidas pela Companhia e das novas possibilidades de participação voluntária. “O programa pretende atender mais comunidades, desenvolver mais projetos e, para isso, é fundamental mobilizar mais pessoas em toda a força de trabalho do Sistema Petrobras, inclusive os aposentados”, observou Nery.

A primeira fase do programa mobilizou mais de 2,2 mil pessoas. Agora a meta é ter, até 2012, mais de 8 mil participantes cadastrados na rede social e mais de 15 mil oportunidades inseridas na rede, além de beneficiar diretamente mais de 55 mil pessoas. Neste mesmo período, o programa também pretende criar 30 comitês locais e formar mais de 2 mil voluntários nos cursos de capacitação.

O programa se destaca pelo respeito à autonomia dos seus voluntários, que podem optar por quatro formas diferentes de participação, desde as mais simples e pontuais até aquelas que exigem mais dedicação e qualificação. O empregado pode realizar trabalho voluntário individual, atividades voluntárias coletivas, inscrever um projeto social no concurso de projetos de voluntariado e, ao mesmo tempo, pode participar dos cursos de formação para voluntários, que a Petrobras oferecerá na sua Universidade Corporativa.

Para Fátima Ocani, uma das mais antigas voluntárias da Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Betim (MG), “a rede social pode ajudar a estimular a participação de mais pessoas e melhorar a disseminação de práticas e experiências bem sucedidas e o aprimoramento do trabalho”.

Fátima começou a realizar trabalho voluntário em 2000, quando passou a dar aulas de francês para jovens das comunidades do entorno da refinaria. As aulas inspiraram outros colegas a fazer o mesmo. Algum tempo depois, já eram oferecidas aulas de informática, matemática, português, entre outras disciplinas.

Como a maior empresa do Brasil e a que mais investe em programas sociais no país, o Programa de Voluntariado da Petrobras tem um grande potencial de multiplicar ações, como a da Fátima, em diversas cidades brasileiras. O Programa de Voluntariado faz parte do Desenvolvimento & Cidadania, programa social corporativo da Companhia, que tem como objetivo contribuir para a redução da pobreza e das desigualdades sociais no país.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes