Petrobras amplia investimento em projetos sociais

24 de março de 2010 / 18:17 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (24), no Rio de Janeiro (RJ), a abertura das inscrições para o Programa Desenvolvimento & Cidadania. Por meio do edital de seleção pública, a Companhia ampliará os investimentos em projetos sociais de todo o país, com um total de R$ 110 milhões no período de dois anos.

Durante o evento, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, falou sobre a necessidade de organização da sociedade brasileira para que a seleção pública seja cada vez mais um instrumento de inclusão. “A seleção pública deve ser um processo de abertura de perspectivas para as diversas esperanças que existem na sociedade, mas também um elemento treinamento para que isso tenha sustentabilidade. Para que seja possível deixar um resultado já na elaboração do próprio projeto. É uma oportunidade de ajudar a sociedade a se preparar para trabalhar com solicitação de recursos e demanda de projetos.”, disse.

O gerente de responsabilidade social da Petrobras, Luis Fernando Nery, anunciou a implantação de um sistema de monitoramento dos projetos selecionados, que permite que qualquer pessoa possa acompanhar os resultados de cada ciclo desses projetos via Internet. A Universidade Petrobras tem capacitado todas as instituições para abastecimento desse novo sistema.

Nery ressaltou o empenho da Companhia em democratizar o acesso ao processo seletivo, além da transparência em todas as etapas. “Esse evento marca uma ação estratégica fundamental, que é a seleção pública. Essa iniciativa foi organizada de forma a garantir uma maior transparência do processo. Formamos grupos de avaliadores de diversos setores da sociedade, incorporando visões diferentes e garantindo o acesso a todas as etapas do processo.”

Outra novidade desta edição do Programa Desenvolvimento & Cidadania foi o crescimento do tempo de parceria com o projeto selecionado de um, para dois anos. “Dessa forma, as instituições financiadas poderão se planejar mais e desenvolver ações com perspectivas de médio e longo prazo, o que é fundamental no desenvolvimento do campo social.”, explicou Luis Fernando Nery.

A cerimônia de abertura do evento contou com a apresentação de integrantes do projeto Música Para Todos, de Teresina (PI), selecionado em 2007. O Projeto oferece aulas de violão popular e erudito, violino, piano, flauta transversal, guitarra, contrabaixo e teclado, para 1.200 adolescentes a partir dos 13 anos, e sem limite de idade máxima.

Para saber mais acesse: www.petrobras.com.br/desenvolvimentoecidadania

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes