Petrobras patrocina a maior competição aérea do mundo

25 de março de 2010 / 17:23 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras é a nova patrocinadora do Red Bull Air Race, considerada a “Fórmula 1” dos ares. Com o acordo, a Companhia, uma das maiores patrocinadoras do esporte nacional, levará as cores do país para todo o mundo no avião verde e amarelo pilotado pelo brasileiro Adilson Kindlemann.

O Air Race terá, nesta temporada, oito etapas: a primeira começa no sábado, dia 27, em Abu Dhabi, Emirados Árabes, onde o avião com a marca da Petrobras já está participando dos treinamentos. Em seguida a competição segue para Austrália (Perth), Brasil (Rio de Janeiro), Canadá (Windsor), Estados Unidos (Nova York), Alemanha (Lausitz), Hungria (Budapeste) e Portugal (Lisboa).

Para o gerente de Patrocínios Esportivos da Petrobras, Claudio Thompson, o Air Race é um evento que está alinhado às diretrizes de patrocínio da Companhia. “Além de excelente visibilidade de marca pela grande exposição na mídia e grande presença de público, o Air Race é um evento com forte apelo de tecnologia, dinamismo e performance, possibilitando a associação destes atributos com a marca Petrobras”, afirma Thompson. “O evento permite, ainda, trabalhar o segmento aeronáutico, com fornecimento de produtos para a etapa brasileira, e ações de relacionamento direcionadas para clientes deste segmento.”

Além de exibir a marca no avião, a Petrobras será a patrocinadora oficial da etapa brasileira, que terá como palco o Aterro do Flamengo. Como apresentadora da competição, a Companhia terá sua marca exposta em dois air gates (obstáculos infláveis que demarcam o trajeto dos aviões), no pórtico de largada, no painel de fundo do pódio de premiação, na estrutura de telões e em todo o material de comunicação do evento. A Petrobras terá direito, também, a ações promocionais e de relacionamento.

Além de todas as contrapartidas da etapa do Brasil, a Petrobras também patrocinará a equipe brasileira em todas as etapas do campeonato, com exposição de marca no hangar, avião e uniformes do piloto e integrantes da equipe.

Adilson Kindlemann, paulista radicado no Paraná, admite o orgulho de contar com o apoio da maior empresa do país. “Fico feliz com essa parceria com a Petrobras na temporada 2010 da Red Bull Air Race. Será uma honra para nossa equipe ter, neste primeiro ano de Mundial, o apoio de uma empresa brasileira”, afirma o piloto, de 36 anos.

Criado em 2003, o Red Bull Air Race é o único campeonato mundial de corrida de aviões reconhecido pela Federação Aeronáutica Internacional (FAI). A corrida Aérea já visitou mais de 15 países desde a sua criação, incluindo o Brasil, em 2007. Naquele ano, a segunda etapa da temporada teve como cenário a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro. Na ocasião, um público de 1 milhão de pessoas lotou a praia de Botafogo.

Quinze pilotos disputarão a temporada de 2010. Os competidores voam contra o relógio em um circuito especialmente montado com air gates. Em 2009, o inglês Paul Bonhomme sagrou-se campeão um mundial pela primeira vez.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes