Petrobras bate novos recordes de produção

7 de maio de 2010 / 17:46 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras bateu em abril novo recorde mensal de produção de petróleo. A média do mês chegou a 2.032.620 barris por dia, ultrapassando em 29 mil barris o recorde mensal anterior, de 2.003.940 barris por dia, alcançado em setembro de 2009. Esse volume foi 2,9% acima da produção do mesmo mês do ano passado e superou a de março de 2010 em 1,9%.  Além do recorde mensal, a Petrobras registrou, também, nos dias 23 e 24 de abril, dois recordes diários consecutivos, com a produção de óleo e LGN, alcançando 2.081.570 e 2.083.543 barris, respectivamente.

Esses resultados decorreram, entre outros fatores, do bom desempenho operacional das plataformas localizadas no litoral dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, com destaque para a interligação de novos poços ao FPSO Cidade de Vitória, no campo de Golfinho (ES); da entrada em operação de novos poços no campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos (RJ); e do início do Teste de Longa Duração (TLD) de Tiro, na Bacia de Santos, em 19 de março. 

A produção terrestre também teve participação importante na conquista desses resultados, especialmente com a entrada em produção de dois novos poços nos campos de Rio Urucu (RUC) e Leste do Urucu (LUC), no Amazonas.

Embora mais de 85% do petróleo produzido pela empresa no Brasil venha dos campos marítimos, a Petrobras tem conseguido bons resultados em suas áreas terrestres. A média de produção desses campos tem oscilado em torno de 215 mil barris de petróleo por dia, um volume que vem sendo mantido ao longo dos últimos anos, graças a novas tecnologias que a companhia desenvolve para aumentar a vida útil de campos maduros.

Com a entrada em operação dos FPSOs Cidade de Santos, em Uruguá/Tambaú, e Capixaba, em Cachalote/Baleia Franca, nos próximos meses, a companhia espera atingir novos recordes de produção.

Essa tabela mostra a produção de cada estado no mês de abril, em barris por dia (bpd).

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes