Fórum do Prominp no Estado do Rio será lançado em evento do setor naval

8 de maio de 2010 / 15:44 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

15-empregado-futuro

Será realizado nesta segunda-feira (10/5), no auditório da Firjan (Av. Graça Aranha nº 1 – 2º andar – Centro – Rio de Janeiro/RJ), o seminário “Balanço do Setor Naval e Offshore no Estado do Rio de Janeiro”, promovido pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços. Estarão em pauta investimentos superiores a R$ 3,7 bilhões em três anos na indústria naval offshore fluminense, novas oportunidades de negócios e as ações do Governo do Estado para apoiar esses projetos, garantir a competitividade do setor e atrair novos empreendimentos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo telefone 0800 0231231 ou pelo email faleconosco@firjan.org.br.

Durante o evento, também será lançado o Fórum do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás) no Estado do Rio de Janeiro. Composto pela Petrobras, governo do Estado e entidades como Firjan, Sebrae, Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) e Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), o Fórum terá o papel de contribuir para o fortalecimento da indústria fluminense para atender às demandas de bens e serviços da cadeia produtiva de petróleo e gás, principalmente frente às oportunidades que serão geradas pela exploração e produção no pré-sal. O Fórum atuará de forma ampla e integrada com outros já existentes no estado, como os Fóruns da Bacia de Campos, em Macaé; o do Leste Fluminense, que abrange o Complexo Petroquímico (Comperj), em Itaboraí, e o de Duque de Caxias, ligado à Reduc.

O seminário espera reunir 300 pessoas, entre empresários, executivos e trabalhadores das empresas da cadeia naval e offshore, além de representantes do governo estadual, de prefeituras e entidades do setor. Pela Petrobras, farão palestras o gerente geral de Estratégia e Gestão de Portfólio, Hugo Repsold e o diretor de Transporte Marítimo da Transpetro, Agenor Junqueira, além do coordenador executivo do Prominp, José Renato Ferreira de Almeida.

Programação

A programação será iniciada às 9h com o painel “Mercado de Oportunidades – Demanda e Política Fiscal”, onde serão apresentados os planos de aquisição da Petrobras, Transpetro, Marinha do Brasil e Log-In Logística Intermodal. O governo estadual mostrará os benefícios tributários previstos para a cadeia naval e offshore.

Às 14h, o painel “Desafios da indústria naval fluminense” reunirá representantes do Sinaval, da Onip, da Firjan e do Prominp para discutir temas como infraestrutura, capacidade e competitividade; indústria fornecedora e plano de capacitação de mão-de-obra. Na ocasião, será apresentado o Fórum do Prominp no Estado do Rio, que terá o papel de contribuir para o fortalecimento da indústria fluminense para atender às demandas de bens e serviços da cadeia produtiva de petróleo e gás, principalmente frente às oportunidades que serão geradas pela exploração e produção no pré-sal.

Coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o fórum reunirá representantes da Petrobras, Firjan, Sebrae, Onip e IBP, entre outras instituições, e atuará de forma ampla e integrada com os outros já existentes na Bacia de Campos, em Macaé; no Leste Fluminense, que abrange o Complexo Petroquímico (Comperj), e em Duque de Caxias, ligado à Reduc.

O último painel, que começa às 15h50m, abordará alguns dos principais projetos previstos para o setor no Rio de Janeiro, como o Complexo Industrial Offshore de Itaguaí e os complexos industriais portuários de Barra do Furado e de Jaconé. As apresentações serão realizadas por representantes da Companhia Docas e das prefeituras dos municípios que sediam estes empreendimentos: Itaguaí, Quissamã, Maricá e Niterói, respectivamente.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes