Selo Verde lançado no Rio para reduzir emissões

13 de maio de 2010 / 20:01 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras, por meio do Programa Nacional de Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e Gás Natural (Conpet), participou do evento de assinatura do convênio Selo Verde, realizado nesta quinta-feira (13/5), no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro.

A iniciativa, direcionada a caminhões de carga movidos a diesel que circulam no Rio, é pioneira no país. O objetivo é diminuir as emissões de gases e reduzir a poluição do ar no estado, uma vez que as fontes móveis são responsáveis por 70% das emissões de gases poluentes no Rio de Janeiro. A Fetranscarga estima a adesão de pelo menos 50 mil caminhões ao programa.

A gerente geral de Desempenho Energético da Petrobras, Beatriz Espinosa, explica o envolvimento da companhia no projeto: “Técnicos treinados pelo Conpet farão a análise periódica do nível de fumaça preta emitido pelo veículo, indicando a necessidade de ajustes e, consequentemente, promovendo a redução do consumo de diesel e uma cultura de conservação de energia”. O caminhão aprovado ganhará o selo verde. Os técnicos ainda orientarão os condutores sobre o uso econômico dos veículos.

A secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, elogiou a atuação da Petrobras: “A Petrobras é nossa grande parceira no Estado em programas ambientais. Governo, empresas e sociedade devem atuar juntos se queremos melhorar a qualidade do ar das nossas cidades”, disse.

Além dos benefícios ao meio ambiente, com a redução do consumo de diesel os motoristas diminuirão seus custos com combustível.

No final do evento, os presentes conferiram a aferição da emissão de gases de caminhões e ônibus no local.

Além da Petrobras, a cerimônia contou com a presença de representantes de órgãos que fazem parte do convênio – a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, e os presidentes do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Luiz Luiz Firmino, da Federação de Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do RJ (Fetranspor), Lélis Teixeira, e da Federação de Transporte de Carga do Estado do RJ (Fetranscarga), Eduardo Rebuzzi, entre outros.

Sobre o Conpet

O Programa Nacional da Racionalização do Uso dos Derivados do Petróleo e do Gás Natural (Conpet), instituído por decreto presidencial em 1991, é um programa vinculado ao Ministério de Minas e Energia e coordenado pela Petrobras. O Conpet tem como objetivos promover o uso racional e eficiente de combustíveis e incentivar o desenvolvimento de uma cultura antidesperdício em diversos setores, com ênfase no transporte, comércio, indústrias, residências e escolas.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes