Petrobras Biocombustível e BSBIOS inauguram usina de biodiesel no Paraná

14 de maio de 2010 / 14:16 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras Biocombustível e a BSBIOS inauguraram, nesta sexta-feira (14/5), a usina de biodiesel BSBIOS Marialva, localizada no norte do Paraná, na qual cada uma das empresas detém 50% de participação. A cerimônia marcou o início da operação da unidade que tem capacidade de produzir 127 milhões de litros de biodiesel por ano. O investimento total nesse projeto foi de R$ 100 milhões. O evento contou com a presença do presidente da Petrobras Biocombustível, Miguel Rossetto, e diretores da subsidiária.

Com esta unidade, a Petrobras Biocombustível passa a atuar no Sul do País, o que permite uma logística mais eficiente no atendimento aos mercados do Sul e de São Paulo. Além disso, amplia sua capacidade de produção de biodiesel de 326 milhões de litros/ano – somando suas três usinas em operação em Candeias (BA), Quixadá (CE) e Montes Claros (MG) – para 389 milhões de litros/ano, considerando 50% da produção de Marialva. 

O empreendimento criará 120 empregos diretos na área industrial. Durante as obras, 300 trabalhadores participaram da construção.

A atuação no Paraná é estratégica, já que o estado é o terceiro maior consumidor de diesel do País e está próximo do primeiro consumidor que é o Estado de São Paulo, além de ser o segundo maior produtor de oleaginosas do Brasil, com grande presença da agricultura familiar. Com o início das atividades da usina, o estado caminha para se tornar autossuficiente em biodiesel, que atualmente vem de outras regiões.

 Incentivo à agricultura familiar

Para o fornecimento de matéria-prima para produção de biodiesel serão envolvidos cerca de sete mil agricultores familiares da região. A empresa incentiva a produção e a diversificação de oleaginosas, principalmente, a canola, o girassol e a soja. E, para isso, mantém parceria com os agricultores familiares, cooperativas e instituições de assistência técnica agrícola e de pesquisas com o objetivo de viabilizar a diversificação e a produção de matéria-prima.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes