Pouso de boia no fundo do mar é bem-sucedido

15 de maio de 2010 / 12:43 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Foi realizada com sucesso a operação de pouso no fundo do mar da boia que adernou na última terça-feira (11/5) ao norte da Bacia de Campos, a 113 quilômetros de Macaé (RJ). Não houve vazamento e não há impacto sobre a produção e escoamento de óleo e gás da Bacia.

Os dois dutos que estão ligados à estrutura da boia não sofreram danos e encontram-se isolados por válvulas submarinas. Eles estão sendo monitorados por robôs para águas profundas. O óleo contido nos dutos, cerca de 60 mil litros, serão agora bombeados de volta para a plataforma PRA-1.

As equipes de contingência e embarcações permanecem no local para garantir a segurança. Quatro embarcações especiais foram mobilizadas preventivamente para contenção e recolhimento de óleo, para pronta atuação em caso de vazamento.

A Petrobras já está constituindo um Grupo de Trabalho para apuração das causas do incidente e estudará as alternativas para a retirada do equipamento do fundo do mar.

A boia é desabitada e utilizada para amarrar um navio petroleiro enquanto ele recebe o petróleo bombeado de um navio armazenador. Ela tem 22 metros de diâmetro, sete metros de altura e pesa 900 toneladas. A boia não armazena óleo.

Veja repercussão do assunto no Globo Online na materia Boia da Petrobras afunda em Campos; não há vazamento

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes