Assinado Memorando de Entendimento com estatal de petróleo turca

27 de maio de 2010 / 19:19 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras assinou nesta quinta-feira (27/5) Memorando de Entendimento com a companhia estatal de petróleo Turkish Petroleum Corporation (TPAO) com o objetivo de ampliar as pesquisas de exploração em águas profundas na região turca do Mar Negro. Estiveram presentes na assinatura do Memorando em Brasília, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e o presidente da TPAO, Mehmet Uysal. Nesta sexta-feira (28/5), o primeiro-ministro turco visitará a sede da Petrobras, no Rio de Janeiro.

Em janeiro, a Petrobras, a TPAO e a ExxonMobil assinaram uma parceria para a exploração do Bloco 3922 (Sinop), localizado em águas profundas do Mar Negro, na Turquia. A Petrobras é operadora do projeto com 25% de participação, a TPAO possui 50% e a subsidiária ExxonMobil Exploration and Production Turkey B.V. detém os 25% restantes de participação na licença do Bloco.

As atividades de perfuração o poço Sinop-1, situado a cerca de 145 quilômetros da cidade de Sinop, em águas ultraprofundas do Mar Negro, iniciaram em fevereiro. A região é considerada uma das últimas fronteiras petrolíferas do mundo.

Em sua atuação no Brasil e em todo o mundo, a Petrobras sempre busca oportunidades de negócios que tragam retorno positivo do ponto de vista econômico, social e ambiental. Além disso, por meio da associação com outras empresas, a Companhia procura promover o intercâmbio de experiências e conhecimentos.

Veja também em:
O Globo: “Petrobras assina acordo com estatal turca para exploração no Mar Negro”

Estadão: “Petrobras assina memorando de entendimento com estatal turca”

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes