Petrobras controla vazamento de óleo na Bacia de Campos

7 de junho de 2010 / 19:52 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras informa que identificou hoje, dia 7, por volta das 6h20, um vazamento de cerca de 1.500 litros de óleo próximo à plataforma de processamento P-47, no campo de Marlim, na Bacia de Campos, a aproximadamente 160 km da costa de Macaé. O vazamento, já controlado pela companhia, foi proveniente de um mangote que iria permitir a transferência de óleo da Plataforma P-47 para o navio aliviador Cap Jean. A operação de transferência ainda não havia iniciado quando o óleo vazou.

Assim que constatou a ocorrência, a Petrobras acionou o Plano de Emergência para assegurar a máxima proteção às pessoas e ao meio ambiente. Foram mobilizados um helicóptero e quatro embarcações especializadas em recolhimento de óleo. O vazamento foi imediatamente controlado, sem danos às pessoas e às instalações. O Plano de Emergência foi desmobilizado após sobrevoo na área, às 14h, em que foi constatado que não havia mais vestígios de óleo no mar.

A companhia abriu sindicância para apurar as causas da ocorrência. A Petrobras já notificou oficialmente a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP), a Marinha e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

A Petrobras informa ainda que a P-47 não é uma plataforma de produção de petróleo. Sua função é receber, tratar e armazenar o óleo produzido por algumas plataformas da Bacia de Campos. A ocorrência não afetou a produção de petróleo naquela bacia.

Comentários fechados.