Presidente da Petrobras participa de evento na ONU

24 de junho de 2010 / 16:02 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, participa nesta quinta-feira (24/06), em Nova York, do UN Global Compact Leaders Summit 2010, evento organizado pela ONU que reunirá mais de mil líderes de todo o mundo.

Conduzido pelo Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, o encontro celebra os dez anos do Pacto Global, iniciativa por meio da qual as organizações se comprometem voluntariamente a cumprir e comunicar seu desempenho em relação a dez princípios relacionados a Trabalho, Direitos Humanos, Meio Ambiente e Transparência. Com mais de 8,2 mil signatários em mais de 135 países, o Pacto Global é a maior iniciativa de responsabilidade corporativa do mundo.

Gabrielli participará do painel Leading the Change (Liderando a Mudança), no qual falará sobre os avanços na implementação dos princípios do Pacto Global. Neste painel, será apresentado o documento Blueprint for Corporate Sustainability Leadership within the UN Global Compact, que tem como objetivo fortalecer o comprometimento das empresas signatárias com a iniciativa e buscar avanços na implementação, por parte das empresas, dos dez princípios do Pacto Global.

A Petrobras também participou, nesta quarta-feira (23/06), do 6º Encontro do Grupo de Trabalho do décimo princípio relacionado ao combate à corrupção, evento paralelo ao Leaders Summit. O grupo lançou o Guia das Nações Unidas para combate à corrupção na cadeia de fornecedores. A publicação apresenta um modelo para redução dos riscos de corrupção, com exemplos práticos e uma série de ferramentas, estudos de caso e orientações para prevenir e lidar com cenários de corrupção na cadeia de fornecedores. A Petrobras participou da elaboração do documento, que começou a ser construído em 2008 com a colaboração de mais 13 instituições de diferentes países, sob a coordenação da ONU.

A Petrobras é uma das patrocinadoras do Leaders Summit 2010 e, desde 2003, é signatária do Pacto Global. A partir de 2006, o presidente da Companhia, José Sergio Gabrielli, passou a integrar o Conselho Internacional da iniciativa. Com isso, a Petrobras tornou-se a única empresa da América Latina e do setor de petróleo e gás a participar do Conselho Internacional.

Além de integrar o Conselho, a Petrobras é membro do Comitê Brasileiro do Pacto Global, que também se reunirá durante o Leaders Summit 2010. O Comitê é formado por 35 representantes de instituições brasileiras que são signatárias do Pacto. A Petrobras participa da coordenação das comissões de direitos humanos e trabalho e de governança e educação da Rede Brasileira do Pacto Global.

Princípios do Pacto Global da ONU

1. Apoiar e respeitar a proteção de direitos humanos reconhecidos internacionalmente na sua área de influência.
2. Assegurar a não participação da empresa em violações de direitos humanos.
3. Apoiar a liberdade de associação e o reconhecer o direito à negociação coletiva.
4. Eliminar todas as formas de trabalho forçado ou compulsório.
5. Erradicar efetivamente todas as formas de trabalho infantil da sua cadeia produtiva.
6. Estimular práticas que eliminem a discriminação no emprego.
7. Assumir uma abordagem preventiva, responsável e proativa para os desafios ambientais.
8. Desenvolver iniciativas e práticas para promover e disseminar a responsabilidade sócio-ambiental.
9. Incentivar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente responsáveis.
10. Combater a corrupção em todas as suas formas, incluindo extorsão e suborno.

Veja o vídeo do evento   com a participação do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes