Começa a produção no pré-sal do Espírito Santo

14 de julho de 2010 / 18:23 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras produziu, nesta quinta-feira (15/7), o primeiro óleo da camada pré-sal do Campo de Baleia Franca, localizado a cerca de 85 km da cidade de Anchieta (ES), no complexo denominado Parque das Baleias, na Bacia de Campos. As acumulações do pré-sal do Campo de Baleia Franca foram descobertas em dezembro de 2008.

A cerimônia contou com a presença do presidente Luís Inácio Lula da Silva e outras autoridades dos governos federal e do Espírito Santo, além do presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo e do diretor de Exploração e Produção da companhia, Guilherme Estrella.

A produção foi iniciada através da conexão do FPSO Capixaba ao poço 6-BFR-1-ESS. O FPSO Capixaba é afretado para a Petrobras pela empresa SBM, e operava anteriormente no Campo de Golfinho. Para aproveitar a oportunidade de antecipação de produção dos Campos de Cachalote e Baleia Franca, foi realizada uma adaptação na planta de processo da plataforma, para viabilizar a instalação no Parque das Baleias.

O poço do pré-sal de Baleia Franca começará a produzir cerca de 13 mil barris de petróleo por dia (bpd) de petróleo leve, estimado em 29 graus API. A previsão é que atinja a capacidade máxima, de 20 mil bpd, ainda este ano.

Assista aos discursos do presidente Lula  e do presidente Gabrielli  durante a cerimônia.

Veja a apresentação do gerente geral  da Unidade de Operação do Espírito Santo, Luiz Robério Silva Ramos.

O projeto adotará tecnologias pioneiras, concebidas para operar nas condições geológicas do pré-sal. Entre elas, novos modelos de risers flexíveis (tubulações para o escoamento de petróleo que ligam o poço à plataforma) e novas soluções tecnológicas para colocar os poços em produção (completação). O uso dessas tecnologias permite a melhoria da eficiência operacional e representa um novo passo no desenvolvimento dos reservatórios do pré-sal.

O FPSO faz parte do Projeto de Desenvolvimento Integrado de Cachalote e Baleia Franca e permite a interligação dos dois campos. A Plataforma já produz desde maio deste ano no pós-sal do Campo de Cachalote, através do poço 7-CHT-5HA-ESS, localizado a 5 km de Baleia Franca, e desde junho de 2010 no poço 7-CHT-7HP-ESS, totalizando uma produção de 44 mil bpd.

Até o final do ano, está previsto que a plataforma seja interligada a um total de nove poços. Serão três poços produtores e dois injetores em Cachalote, e três poços produtores – dois destes na camada pré-sal – e um injetor em Baleia Franca. O pico de produção está programado para ocorrer em dezembro de 2010, com expectativa de volume de 100 mil barris de óleo por dia e 1,35 milhões de m3 de gás natural.

 Características técnicas do FPSO Capixaba:

Capacidade de produção: 100 mil bpd;

Capacidade de compressão de gás: 3,2 milhões de m3/dia;

Capacidade de armazenamento: 1.600.000 barris;

Capacidade de injeção de água: 22.000 m3/dia;

Capacidade de operar em local onde a profundidade seja de até 1.500 metros;

Comprimento: 345 metros (equivalente ao comprimento de três campos de futebol);

Peso total carregado: 254.444 toneladas (corresponde ao peso de 300 mil carros populares)

Acomodações: 96 trabalhadores embarcados.

Veja repercussão do assunto na imprensa:

Começa retirada de petrólero do pré-sal no Espírito Santo  – Jornal Nacional
Petrobras inicia produção no pré-sal do Espírito Santo  - G1
Petrobras começa amanhã produção no pré-sal de Baleia Franca  – Valor Econômico
Lula participa de cerimônia de extração do primeiro óleo do pré-sal  – Jornal do Brasil
Petrobrás começa a produzir óleo no pré-sal de Baleia Branca nesta quinta-feira, 15  – Estadão

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes