Última semana de inscrições para o Petrobras Cultural

15 de julho de 2010 / 20:03 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Os interessados em participar da edição 2010 do Programa Petrobras Cultural (PPC) devem se apressar. Os prazos para inscrição de projetos para a segunda fase de seleção pública se encerram na próxima semana. Este ano, o programa destina verba total de R$ 61,2 milhões para projetos em 19 áreas culturais, dentro de três linhas de atuação: Formação, Preservação e Memória e Produção e Difusão.

As inscrições para o PPC podem ser feitas pelo site www.petrobras.com.br/ppc . As dúvidas relacionadas ao Programa podem ser encaminhadas para o SAC  com até quatro dias de antecedência do término do prazo de inscrições.

No dia 19 encerram-se as inscrições para os setores Preservação e Memória e Literatura. O dia 20 é a data-limite para o setor Formação e 21 para os segmentos Artes Cênicas e Cultura Digital. No dia 22 é a vez de terminarem as inscrições para as áreas do setor Audiovisual e no dia 23 para as do setor Música. O horário-limite para a realização das inscrições é sempre 18h.

A primeira etapa do programa já foi concluída e contemplou projetos das áreas de festivais de música, festivais de cinema e difusão de longa-metragem em salas de cinema com recursos totais de R$ 9 milhões. Aos 16 segmentos que estão com inscrições abertas serão destinados R$ 52,2 milhões.

Os incentivos abrangem desde projetos de pesquisa artística até projetos de distribuição de bens culturais. Podem inscrever-se trabalhos destinados à recuperação e digitalização de acervos, à manutenção de grupos e companhias de artes cênicas, à produção de filmes, a eventos de artes eletrônicas, à gravação de CDs, a turnês de shows/concertos, entre outros.

Criado em 2003, o PPC tem o objetivo de democratizar o acesso aos recursos de patrocínio cultural por meio de seleção pública de projetos. Para isso, as comissões julgadoras são formadas por profissionais que atuam diretamente nos setores da cultura contemplados pelo programa. A ideia é atender à maior diversidade possível de perfis para a avaliação dos projetos, que são selecionados por seu mérito qualitativo. Desde sua primeira edição, já foram destinados R$ 250 milhões a mais de mil projetos em todos os estados do País.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes