Segurança e transparência: carta à Coluna de Míriam Leitão

21 de agosto de 2010 / 16:56 Esclarecimentos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Sobre informações publicadas na Coluna da jornalista Míriam Leitão -  Em busca da saída  - neste sábado (21/8), a Petrobras esclarece que:

Todas as fotos publicadas pelo Jornal O Globo sobre a plataforma P-33 referem-se à instalações que estão temporariamente desativadas, ou que não apresentam nenhum risco para as operações, e já estavam com os reparos devidamente programados. No próximo mês de outubro a P-33 realizará sua parada programada para manutenção geral, informada desde dezembro de 2009 à ANP. 

Em um complexo industrial como uma plataforma, que possui milhares de equipamentos, caso aconteça a corrosão acentuada ou prematura em um deles, uma inspeção detalhada é realizada, seguida de uma avaliação de risco que determina o grau de urgência para a realização do reparo. Como a Petrobras tem por prática executar, em média a cada dois anos, paradas planejadas para manutenção geral nas plataformas, alguns reparos são incluídos na lista de serviços dessas paradas

Em uma pesquisa divulgada nesta semana pela Consultoria Management&Excellence a Petrobras foi considerada uma das cinco empresas mais transparentes do Ibovespa. A posição da Petrobras é um reflexo direto do compromisso com a transparência e o diálogo aberto com todos os seus públicos de interesse.

A Companhia reafirma que exerce todas as suas atividades com austera política de Segurança, Meio Ambiente e Saúde. Impõe, também, rigor técnico nos aspectos relacionados aos equipamentos e à capacitação de pessoal.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes