Plataforma P-35: respostas ao jornal O Globo

7 de setembro de 2010 / 11:19 Respostas à Imprensa Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Leia a matéria “Sindicato pede à Procuradoria interdição de mais uma plataforma da Petrobras, a P-35” (versão online) publicada pelo jornal O Globo nesta terça-feira (7/9). Veja abaixo a resposta da Petrobras ao jornal.

Quanto aos questionamentos apresentados pelo Sindipetro-NF em relação à Plataforma P-35, a Petrobras informa que:

No dia 21/08/2010, um empregado da Petrobras ao descer, carregando uma mochila, uma escada interna no alojamento da plataforma-navio, desequilibrou-se no penúltimo degrau e caiu. Após o acidente, o empregado desembarcou para tratamento médico e encontra-se com o ombro imobilizado. A escada possui boas condições de conservação, corrimão e bordas antiderrapantes em todos os degraus.

No dia 26/08/2010, logo após a identificação de vazamento de gás em uma linha remota, situada em ponto elevado acima das demais instalações da unidade, a Petrobras interrompeu temporariamente, por questão de segurança, a produção da unidade para a realização dos reparos necessários. Não houve quaisquer danos às pessoas a bordo.

No dia 02/09/2010, um empregado da empresa Skanska sofreu um acidente na plataforma ao realizar uma atividade rotineira de movimentação de carga após desprendimento de uma porta corrediça localizada na entrada do almoxarifado. A porta encontra-se em perfeito estado de conservação e nela foi identificada uma pequena falha de montagem. O profissional foi imediatamente atendido, desembarcado em helicóptero para tratamento ortopédico no Hospital Unimed Macaé e recebeu toda assistência de sua empresa e da Petrobras.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes