Prominp: oportunidades no mercado de trabalho

27 de novembro de 2010 / 06:53 Reportagens Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Levantamento realizado junto ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, apontou que 81% dos profissionais qualificados pelo Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás natural (Prominp) estão empregados no mercado de trabalho formal. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (26/11) pelo jornal Brasil Econômico. O veículo destaca também que a estimativa é que, até o final deste ano, 78 mil profissionais tenham sido preparados pelo programa para ingressar no mercado de trabalho.

Uma das ferramentas do Prominp para aumentar os resultados das contratações dos alunos pelas empresas que atuam no setor de Petróleo e Gás é o Banco de Currículos. Desde 2007, quem passa pelos cursos do programa tem seu currículo disponibilizado em um banco de dados on-line, que pode ser acessado por empresas do ramo, facilitando o recrutamento da mão-de-obra qualificada. Neste ano, a integração entre o Banco de Currículos e o Portal de Oportunidades da Cadeia de Suprimentos do Setor de Petróleo e Gás Natural no site do programa aprimorou esta interface: agora, além das empresas visualizarem os dados dos profissionais, os alunos também têm a chance de buscar os contatos de cerca de quatro mil empresas do setor cadastradas.

Na região da Bacia de Campos, empresas locais, como Puras, CIS Brasil, Imetame, Alimenta, entre outras, têm pesquisado currículo cadastrados no banco a fim de selecionar candidatos para seus quadros profissionais. Neste mês, a Odebrecht Oil & Gás promoveu um processo seletivo apenas com alunos do Prominp. Foram contratados 23 profissionais para as funções de homem de área, pintor e assistente operador de guindaste, que irão formar a tripulação de uma plataforma que se deslocará da Coréia do Sul para o Brasil no início do ano que vem.

“Nós sempre fizemos um processo de seleção com dinâmicas e entrevistas coletivas, convocando vários candidatos. Quando soubemos que existia o banco de dados do Prominp, pensamos logo em chamar essa mão de obra capacitada”, explicou Arise Bacellar, da área de Recrutamento e Seleção da empresa.

Os currículos podem ser consultados no “Portal de Qualificação Profissional” no site do Prominp. A busca pode ser feita por localidade, nível de escolaridade e categoria profissional. O acesso é gratuito e disponível para as empresas que atuam no setor de petróleo e gás. O cadastro das empresas pode ser realizado diretamente pelo Banco de Currículos por meio da opção “Profissionais Qualificados pelo Prominp” ou no “Portal de Oportunidades da Cadeia de Suprimentos do Setor de PeG”.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes