Primeiro Parque Eólico da Petrobras entra em operação comercial

2 de novembro de 2011 / 07:36 Informes Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

A Petrobras informa que as usinas Potiguar, Cabugi, Juriti e Mangue Seco, que compõem o Parque Eólico de Mangue Seco, já estão operando comercialmente no Rio Grande do Norte. Com investimento de R$ 424 milhões, o primeiro Parque Eólico da Petrobras entrou em operação comercial oito meses antes do compromisso assumido com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Os contratos de venda de energia para as usinas foram ofertados no primeiro leilão de energia eólica, realizado em dezembro de 2009 e são válidos por 20 anos. O certame de 2009 previa que a energia gerada pelas usinas seria disponibilizada para o Sistema Interligado Nacional em 1º de julho de 2012, mas a Petrobras antecipou o cronograma e todo o parque eólico está em operação comercial desde esta terça-feira (1º de novembro), com a entrada em operação da última usina, a Juriti. A usina de Potiguar está em operação comercial desde 26 de agosto de 2011 e as usinas de Cabuji e Mangue Seco, desde 24 de setembro de 2011 e 6 de outubro de 2011, respectivamente.

Localizadas no entorno da Refinaria Potiguar Clara Camarão, às margens da Rodovia RN 221, em Guamaré, as usinas são constituídas por 52 aerogeradores de 2 megawatts (MW) cada. Estas características fazem com que o Parque Eólico de Mangue Seco possua a maior capacidade instalada no país com este tipo de aerogerador (104 MW), suficientes para suprir energia elétrica a uma população de 350.000 habitantes.

Cada aerogerador, com um peso de cerca de 300 toneladas, é composto por uma torre de concreto e aço de 108 metros de altura e um conjunto de três pás de fibra de vidro, com 42 metros de comprimento. O sistema de transmissão de cada unidade é constituído de uma rede de distribuição interna de 34,5 quilovolts (kV), uma subestação elevadora de 34,5/138 kV e de uma linha de transmissão de 138 kV.

A usina Cabugi foi construída em parceria com a Eletrobrás; a usina Mangue Seco, em parceria com a Alubar Energia; e as usinas Potiguar e Juriti, em parceria com a Wobben WindPower. A implantação do Parque Eólico de Mangue Seco está alinhada com a estratégia da Petrobras de se consolidar como uma empresa de energia, apresentando elevado conteúdo de responsabilidade ambiental, gerando energia elétrica com fonte limpa e renovável.

15 respostas para “Primeiro Parque Eólico da Petrobras entra em operação comercial”

  1. Neuma Maria de Oliveira disse:

    Bom dia. Gostaria de ser informada como enviar currículo para empresa Parque Eólico Mangue seco no RN. Meu filho é recém formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Semiárido UFERSA e está esperando uma oportunidade de emprego.Aguardo resposta.

    • Fatos e Dados disse:

      Olá.

      A admissão na Petrobras se dá somente por meio de processo seletivo público, conforme determina a legislação. Para saber mais, acesse a página sobre Carreiras em nosso site. Sobre oportunidades em empresas que prestam serviços para a Petrobras, esclarecemos que as mesmas devem ser procuradas diretamente.
      Saudações,
      a equipe.

  2. Gabriel S.A. disse:

    Boa tarde, sou um aluno ávido por conhecimento e bastante interessado em inovações que contribuem para a sociedade em si. Segundo dados da própria empresa, a energia captada por aerogeradores na unidade-piloto de Macau é transmitida para plataformas ou unidades locais e por isso, eu queria saber se a Petrobrás tem interesse de implantar este mesmo sistema em outras localidades onde a mesma possui unidades operacionais.

    • Fatos e Dados disse:

      Prezado Gabriel,

      Sugerimos que envie sua demanda ao Fale Conosco do site da Petrobras.

      Cordialmente,
      a equipe

  3. Paulo Cesar de Oliveira disse:

    Parabenizo,por acreditar em fontes limpas, espero que venha a beneficiar o meio ambiente, sustentabilidade para atuais e futuras geracoes, assim em um todo, sabendo da tamanho potencial de fontes de energia, porem que venha beneficiar a distribuiçao de renda em nosso gigante Brasil.

  4. Juliano Amorim disse:

    Primeiro gostaria de parabenizar a Petrobras pelo empreendimento. Acreditar no novo, e provar que é viável economicamente, deveria ser o espírito de toda empresa brasileira.
    Mas, porque não incentivar os pequenos produtores. Desta forma teríamos uma distribuição de renda sem assistencialismo.
    Não sei se estou certo, mas em uma conta direta temos: 424 milhões / 104 MW. Sendo R$ 4.076,92 por Kw. Preço muito próximo dos mini geradores eólicos encontrados no mercado.
    De forma alguma vou ficar ofendido se esta minha conta simplista for corrigida. Vou até me sentir grato.

  5. Rafael disse:

    e o parque eólico de macau?
    Instalado no Rio Grande do Norte. A Petrobras foi pioneira ao inaugurar, no dia 26 de janeiro de 2004,
    os aerogeradores eram de 600 kW cada, (3 aerogeradores)- capacidade instalada: 1,8 MW
    tb faz parte dessas usinas?

    att,

    • Fatos e Dados disse:

      Prezado Rafael,
      A unidade de Macau era um projeto piloto.
      Cordialmente,
      a equipe.

      • Marcio Souza disse:

        Boa Tarde Gostaria de saber a quem deveria enviar uma proposta de aerogeradores pois sou socio de uma empresa de construçao de neste ramo e estou com a empresa situada na alemanha e gostaria de apresentar a minha empresa.

        Atenciosamente

        Márcio Souza

        • Fatos e Dados disse:

          Prezado Márcio,
          Sugerimos que envie sua demanda ao Fale Conosco do site da Petrobras, selecionando a opção “negócios”.
          Cordialmente,
          a equipe

  6. Roberto Locatelli disse:

    Parabéns à Petrobras por investir em energia eólica. Dependendo das condições, é uma das mais limpas. O Brasil tem muito a ganhar.

  7. Eduardo CPQ disse:

    Senhores,

    queiram me desculpar, mas só agora fiquei sabendo da existência da Refinaria Clara Camarão, em Guamaré.

    Gostaria de conhecer alguns detalhes a respeito. É uma refinaria mesmo ou uma “planta de gás natural”?

    Desde já, agradeço.

    • Fatos e Dados disse:

      Prezado Eduardo,
      Vc pode encontrar mais informações sobre Clara Camarão neste post.
      Cordialmente,
      a Equipe

  8. MARCO CALDAS disse:

    UMA PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR . ALÉM DOS GANHOS AMBIENTAIS QUE RETORNO PRÁTICO NÓS CONSUMIDORES TEREMOS COM ESSE MARAVILHOSO EMPREENDIMENTO ?

  9. Julio Vítor disse:

    Amigo, o retorno para os consumidores de energia elétrica é o aumento da segurança de que teremos energia por um prazo maior, pela diversidade de fontes que temos no Brasil.
    Outro retorno é a geração de impostos com as fábricas e serviços especializados que este setor de energia eólica traz para o país.
    E o aspecto do meio ambiente então, nem se fala, pois a mídia já faz o seu papel de divulgação.

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes