Conheça a campanha do Parada para redução de acidentes com motos

1 de maio de 2013 / 08:48 Vídeos Enviar por e-mail Enviar por e-mail Imprimir

A+ A-

Devido ao aumento da taxa de mortalidade em acidentes com motociclistas, o Ministério do Trabalho está lançando uma campanha de conscientização com o tema: “Moto. É preciso saber usar. É preciso respeitar”. O objetivo é fazer um alerta sobre a necessidade de redução dos acidentes com motocicletas. A campanha faz parte do Parada – Pacto Nacional pela Redução de Acidentes, que conta com apoio da Petrobras. Assista ao vídeo:

Só na última década, o número de acidentes cresceu 244%, chegando a representar nos dias de hoje um terço das mortes no trânsito. Para se ter ideia, um motociclista morre a cada meia hora nas ruas e estradas brasileiras. O aumento da frota não é a única causa do aumento dos acidentes. Por ser um veículo mais instável, com menos itens de proteção, pesquisas comprovam que o risco de um motociclista morrer no trânsito é 14 vezes maior que a de um ocupante de automóvel.

O Pacto Nacional pela Redução de Acidentes foi criado como resposta à Organização Mundial da Saúde, que instituiu a Década de Ações para Segurança no Trânsito – 2011/2020, com a meta de reduzir em até 50% o índice de mortalidade nas ruas e estradas dos países durante esse período.

Leia também:

Uma resposta para “Conheça a campanha do Parada para redução de acidentes com motos”

  1. Jackson Almada de Paula disse:

    Parabens a PETROBRAS pela iniciativa dado o seu fazendo campanha de educação para o transito. muito embora o Código de transito em seu Art. 74. diz, A educação para o trânsito é direito de todos e constitui dever prioritário para os componentes do Sistema Nacional de Trânsito.
    se cada instituição não governamental perceber que mesmo sendo dever prioritário do Sistema Nacional de Transito, fazer a sua parte em divulgar o pacto pelo vida teremos aí sim conseguiremos uma redução de acidentes. Grato

Deixe seu comentário

Prezado leitor,

Lembramos que não serão aceitos comentários que tenham conteúdo ou termos ofensivos, nem que sejam desassociados do tema do post. Dúvidas sobre temas diversos devem ser encaminhadas ao Fale Conosco do site.

 caracteres restantes