Destaques Internacionais

Nova Lei do Petróleo, início da CPI e valor de mercado da Petrobras são os destaques de hoje

A Reuters, o Wall Street Journal, a Dow Jones e a Upstream produziram reportagens afirmando que o presidente Lula deve propor ao Congresso que a Petrobras seja a operadora exclusiva nos projetos do pré-sal, segundo informou uma fonte do governo. A matéria da Reuters informa que a fonte revelou que “o Estado está interessado em aumentar sua capitalização da Petrobras” e pretende conceder direitos de exploração dos novos campos à petrolífera em troca de mais ações da mesma. Outras petrolíferas poderiam atuar como parceiras da empresa nacional, porém as decisões operacionais seriam da Petrobras. Segundo o artigo publicado no Wall Street Journal, analistas sugerem que, embora este modelo pareça favorecer a Petrobras, pode ser ambíguo. O jornal também informa que há grandes polêmicas em relação ao novo marco regulatório e os desacordos continuam. Outro despacho da Reuters e um da Dow Jones apresentam detalhes dos três planos que teriam sido apresentados ao presidente Lula.

Lula quer que Petrobras opere o subsal – fonte

http://www.reuters.com/article/rbssEnergyNews/idUSN0527680020090805

Brasil deve controlar as descobertas de petróleo recentes

http://online.wsj.com/article/SB124952371016709829.html

Debate-se se Petrobras será “operadora exclusiva”

http://www.upstreamonline.com/live/article185086.ece

Ministro da Energia do Brasil: Apresentou 3 projetos de lei para o setor petrolífero ao Presidente Lula

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090805-721310.html

Brasil deve favorecer Petrobras com nova lei do petróleo

http://www.reuters.com/article/rbssEnergyNews/idUSN0524075920090805

A EFE distribuiu despacho informando que o governo americano está disposto a conceder créditos de até US$ 10 bilhões para financiar a exploração no pré-sal de acordo com fontes oficiais.

EE.UU. está disposto a financiar a produção nas enormes reservas brasileiras de petróleo

www.eluniversal.com/…/petro_ava_eeuu-dispuesto-a-fin_05A2589687.shtm

Governo americano deve emprestar US$ 10 bilhões a Petrobras

http://www.laht.com/article.asp?ArticleId=340859&CategoryId=10718

A Bloomberg divulgou matéria sobre a CPI da Petrobras. Segundo a agência, a Petrobras enfrenta um novo desafio com o início da CPI que vai investigar denúncias contra a empresa. A matéria dá detalhes sobre a investigação e informa que José Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras, nega as acusações.

Investigação da Petrobras começa enquanto Gabrielli enfrenta a “Grande Crise”

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20670001&sid=aYzhlmvxMKYo

A Economist Intelligence Unit fez análise sobre a crise do Senado, dando destaque a CPI da Petrobras. O artigo foi publicado no site The Economist. Segundo o artigo, a CPI da Petrobras complicou ainda mais a situação do Senado. Segundo eles, o governo espera limitar os danos à petrolífera mantendo coesão entre o PMDB, PT e outros aliados menores.

Segurando as pontas

http://www.economist.com/agenda/displaystory.cfm?story_id=14161836

A Bloomberg publicou um segundo despacho sobre a CPI do Senado, afirmando que sem José Sarney na presidência do Senado, o presidente Lula teria dificuldades em aprovar o novo marco regulatório do petróleo e de controlar a CPI da Petrobras.

Painel ético brasileiro deve pesar acusações contra aliado de Lula no Senado

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=anIIsX5hAugw

A EFE e a BNamericas publicaram matéria informando que a Petrobras inaugurou formalmente suas operações no Chile esta semana em cerimônia com o Ministro de Energia chileno, Marcelo Tokman, e o gerente geral da Petrobras no Chile, Vilson Reichemback.

Petrobras dá início a operações locais e flerta com biocombustíveis, GNL – Chile

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Petrobras_begins_local_operations,_eyes_biofuels,_LNG

Petrobras inicia oficialmente operações no Chile

http://www.laht.com/article.asp?ArticleId=340839&CategoryId=13280

Segundo despachos da agência de notícias chinesa Xinhua e da espanhola EFE, a Petrobras é agora a quarta maior empresa do continente americano de acordo com um estudo publicado pela empresa de consultoria Economatica. A consultoria relata que o valor de mercado da Petrobras aumentou em 81,1% desde o início do ano, chegando a US$ 173,59 bilhões, o maior entre empresas latino-americanas.

Petrobras se torna a quarta maior empresa no continente americano

http://www.istockanalyst.com/article/viewiStockNews/articleid/3396148#

Petrobras ascende a quarto lugar entre as maiores empresas da América

http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5gf13eS8a5gL3_0mqrX5fgJk-nqHg

A Reuters e a Dow Jones distribuíram despachos dizendo que os fundos de pensão Petros e Funcef podem fazer proposta à participação de 9,9% que o grupo Camargo Correa tem no projeto da usina hidroelétrica de Jirau, no Amazonas.

Fundos estatais podem ter participação em Jirau

http://www.reuters.com/article/rbssUtilitiesMultiline/idUSN0522541820090805

Fundos de pensão brasileiros buscam participação na Usina de Jirau

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090805-708445.html

Segundo despacho da Reuters, os investimentos do setor de energia peruano devem chegar a US$1,5 bilhões em 2009 e 2010 de acordo com o presidente da agência de energia do país. A Petrobras é citada entre as empresas que operam no Peru.

Peru avista investimento em energia apesar de protestos

http://www.reuters.com/article/latestCrisis/idUSN05283599

A agência de notícias italiana ANSA publicou despacho informando que a Petrobras concedeu um contrato de US$ 70 milhões à petrolífera italiana Saipem, de acordo com reportagem original do jornal O Globo. A empresa italiana será responsável pelo transporte e instalação da plataforma fixa PMXL-1 na Bacia de Santos.

Saipem vence licitação com a Petrobras

http://www.ansa.it/site/notizie/awnplus/economia/news/2009-08-05_105397275.html

O jornal venezuelano El Universal tem matéria sobre a associação da Petrobras e da Pdvsa.

Petrobras e Pdvsa afinam associação em refinaria

http://www.eluniversal.com/2009/08/06/eco_art_petrobras-y-pdvsa-af_1508514.shtml

No site dos Estados Unidos da Invertia (em espanhol), matéria traz que o presidente venezuelano, Hugo Chavez, disse que seu país não tem pressa para licitar blocos de petróleo pesado no Orinoco. Diz ainda que Chavez não quer a participação da colombiana Ecopetrol, que estava formando consórcio com Petronas e Repsol. Cita as demais empresas interessadas no projeto, entre elas a Petrobras.

 No influente The Straits Times, de Cingapura, matéria sobre a Bolsa cita a influência da expectativa de encomendas da Petrobras sobre a alta das ações da Sembcorp.

O jornal Latin American Herald Tribune diz que o governo Americano está preparado para emprestar até US$ 10 bilhões para financiar o desenvolvimento das reservas de petróleo. Cita o ministro Paulo Bernardo e o assessor de segurança nacional do presidnte Obama, general James Jones.

 No site da EPA (European PressPhoto Agency), matéria semelhante, em espanhol, da EFE.

Também no site da EPA, matéria da EFE dizendo que a Petrobras subiu para quarto lugar na lista das maiores empresas de capital aberto da América Latina por valor de mercado, segundo a consultoria Economática.

Na Argentina, no jornal La Nacion traz notinha sobre aumento de lucros da Petrobras Energia.

O jornal El Comercio, do Peru, traz matéria com estimativa da Perúpetro, agência encarregada das concessões de hidrocarbonos, de que os investimentos no setor de energia no país chegarão a US$ 1,5 bilhão até 2010. A materia cita as empresas que já operam no Peru, entre elas a Petrobras.