Destaques Internacionais – 2/12/2010

Previsão de investimento da Petrobras em tecnologia é o destaque desta quinta-feira

A Bloomberg informa que a Petrobras pretende investir US$ 800 milhões em tecnologia de perfuração no próximo ano, tanto para atender às novas como às antigas demandas, afirma Carlos Alberto Pereira, diretor de Tecnologia para as operações internacionais da companhia.

Petrobras investirá US$ 800 milhões em tecnologia no próximo ano

Segundo a Dow Jones, a Petrobras espera duplicar a produção de petróleo na bacia de Santos até o fim de 2011, segundo informa o gerente geral para a exploração e produção na Bacia de Santos, Jose Luiz Marcusso à Agência Estado. A intenção é que a produção alcance 130 mil barris diários de petróleo.

Petrobras: produção em Santos alcançará 130 mil barris diários em 2011 – Estado

Um dos destaques na mídia internacional foi a aprovação pelo Congresso Nacional brasileiro das regras para o setor petroleiro para a exploração do pré-sal. Segundo Upstream, Reuters, Bloomberg e Dow Jones, agora o Brasil poderá dar continuidade aos leilões e terá a Petrobras como operadora de todos os novos projetos, com o mínimo de 30% dos ativos em cada um.

Brasil turbina indústria petroleira

Congresso brasileiro aprova lei para turbinar indústria petroleira

Congresso brasileiro torna a Petrobras única operadora do pré-sal

Congresso brasileiro dá OK para regras de exploração do pré-sal

A Bloomberg informa que a Lupatech registrou seu melhor desempenho nos últimos seis meses por conta de um acordo com a Petrobras.

Lupatech registra maior subida desde junho devido a acordo com a Petrobras

Conforme noticia a Dow Jones, para o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, o Congresso brasileiro deve revisitar o tema do pagamento de royalties para a produção de petróleo em 2011.

Presidente da Petrobras afirma que royalties deve ser resolvidos em 2011

Em material sobre o planejamento do governo equatoriano do leilão de contratos petroleiros para abril de 2011, a EFE Inglês lembra que a Petrobras e outras três companhias deixaram o país por não concordar com a renegociação de contratos. Em outra notícia, o veículo informa que a Petrobras espera alcançar uma compensação aceitável com o Equador depois de sua saída do país, assim como com a Venezuela na construção conjunta de uma refinaria.

Equador deve fazer leilão em abril

Petrobras espera acordo satisfatório com Equador e Venezuela

No site da EPA (Agência de notícias pan-europeia), matéria da EFE informa que  o presidente Gabrielli disse que confia em um acordo satisfatório com o Equador. Matéria da EFE em inglês saiu no site da FoxNews e no jornal da Venezuela Latin American Herald Tribune.

Upstream, Bloomberg, Dow Jones e PennEnergy informam que a Acergy venceu contrato com a Petrobras para o projeto Sul-Norte Capixaba, que inclui a instalação de 150 Km de gasoduto rígido conectando o campo de gás de Camarupim ao complexo do Parque das Baleias, entre outros.

No site em inglês do jornal El Universal matéria diz que a Petrobras confirmou que o projeto da refinaria Abreu e Lima está em curso.