Destaques Internacionais – 22/10/2010

Investimento no setor de petróleo e gás no Brasil é o destaque desta sexta-feira

A CNBC informa que analistas acreditam que a Keppel, maior construtora de plataformas de petróleo do mundo, no terceiro quarto do ano, seja forte candidata a novas encomendas do Brasil, onde a Petrobras deve fazer grandes demandas no primeiro quarto de 2011.

Keppel espera melhores tempos depois de bater previsões no Q3

Conforme o Upstream, os investimentos no setor de petróleo e gás no Brasil podem alcançar US$ 240 bilhões nos próximos quatro anos, com o pré-sal liderando os gastos. Espera-se que a Petrobras seja responsável pela maior parte desse total.

O Upstream informa que foi aprovado o desenvolvimento da segunda fase do projeto Parque das Conchas no Brasil e deve perfurar 11 novos poços no campo Argonauta O-Norte. A empresa tem 50% dos ativos no campo; a Petrobras, 35%, e a India’s Oil & Natural Gas Corporation, 15%.

Segundo o Upstream, a Petrobras pretende iniciar a produção no campo da bacia de Santos na próxima semana.

O Upstream informa que a australiana MEO comprou 5% adicionais na licença WA-360-P na bacia Carnavon, oeste australiano. O veículo destaca que a companhia detém 25% dos ativos, enquanto a Petrobras possui a fatia majoritária, 50%. A Moby tem outros 10% e a Cue Energy Resources é dona dos 15% restantes.

MEO aumenta participação em Carnavon

O Financial Times informa que a Temasek Holdings, fundo apoiado por Cingapura, terá 14% de ativos da Odebrecht Óleo e Gás, empresa que tem contratos com a Petrobras para a construção e operação de cinco plataformas perfuradoras, quatro em construção na Coreia do Sul e uma nos Emirados Árabes.

Temasek comprará ativos de grupo de serviços petroleiros no Brasil

Segundo o Upstream, a Chevron está acelerando em Jack-St Malo, seu primeiro projeto como operadora no Golfo do México. A empresa detém 50% dos ativos de operação em Jack e 51% em St Malo. Em Jack, tem como parceiros a Statoil e a Maersk, enquanto a Petrobras, a Statoil, a ExxonMobil e a Eni detêm ativos em St Malo. O Financial Times também publica a informação.

Sinal verde em Jack-St Malo

Chevron desenvolverá no Golfo do México

Ainda no site da Bloomberg, nota informa sobre a descoberta, pela Petrobras, de indícios de petróleo no bloco BM-S-11 da Bacia de Santos. Em Portugal, o Jornal de Negócios também menciona a notícia.

Conforme o Upstream, o grupo Setal está à procura de parceiros internacionais para construir um estaleiro em São José do Norte, sul do Brasil, perto de Rio Grande, onde o projeto de porto seco da Petrobras foi recentemente concluído.

Segundo Reuters, Bloomberg e The Wall Street Journal, em matéria sobre a oferta pública da HRT lembram a operação da Petrobras, maior venda pública de ações da história.