Destaques Internacionais – 29/10/2010

Navio-plataforma Cidade Angra dos Reis, na área de Tupi, é o destaque desta sexta-feira

A EFE Motor informa que a Petrobras está pronta para começar a produção no piloto de Tupi, no bloco BM-S-11 da bacia de Santos, com o navio-plataforma Cidade de Angra dos Reis, que inicialmente estará conectado ao poço RJS-600. A notícia também foi publicada pelo Upstream, pelo jornal em inglês Latin American Herald Tribune, com base na Venezuela, pelo jornal britânico The Daily Telegraph, pelo portal francês Romandie.com, e, ontem, pelo jornal espanhol ABC e pelos portais Prensa Latina, Ansa Latina e Terra Colombia.

Petrobras inicia produção comercial em reservas do pré-sal

De acordo com a Bloomberg, o Campo Libra pode ser a maior descoberta de petróleo nas Américas em mais de três décadas. Já o The Wall Street Journal relata que a ANP deve liberar dados sobre o enorme campo Libra nesta sexta-feira.

Campo Libra pode ser a maior descoberta das Américas em 34 anos

ANP deve liberar dados do campo Libra na sexta-feira

O assunto também foi tema de matéria no jornal argentino La Nación e nos jornais El Mundo, da Venezuela, e La Calle, do Uruguai, além do portal AnsaLatina.com.

A Reuters relata que a Petrobras comprou da Sumitomo Corp os 12,5% de ativos restantes da refinaria Nansei Sekiyu, em Okinawa, Japão, e agora é proprietária integral da unidade.

Refinaria japonesa Nansei pertence integralmente à Petrobras

Segundo o Upstream, a Petrobras está pronta para abrir propostas comerciais, para dutos rígidos que carregarão gás natural de dois projetos piloto na bacia de Santos.

Petrobras lança olhar sobre candidatos a projeto piloto

O Upstream informa que a Petrobras perfurou com sucesso um nono poço no bloco BM-S-11 na Bacia de Santos, confirmando que o petróleo leve acumulado na região se estende até o extremo sul da área de avaliação de Tupi.

Segundo a relata a Bloomberg, o BG Group anunciou na quinta-feira que começou a produzir em sua plataforma, capaz de alcançar 100 mil barris por dia, em Tupi. A Petrobras, que opera no local, tem 65% dos ativos e a Petrogal, 10%. A Petrobras anunciou a descoberta de petróleo leve na região, acrescenta o veículo.

BG começa a produzir em Tupi