Destaques Internacionais

Produção em Guará, reinício de testes no Campo Tupi e marco regulatório do pré-sal são destaques

 

A Reuters, a Dow Jones, a Upstream e o Jornal de Negócios, de Portugal, publicaram despachos sobre o anúncio da Petrobras de que o poço de Guará tem “altíssima produtividade”. Segundo as matérias, a petrolífera informou a existência de 1 a 2 bilhões de barris de petróleo e gás natural na área. As matérias informam que a Petrobras registrou o resultado de um teste de fluxo de poço atualmente de 7.000 barris por dia. As matérias também informam que a Petrobras declarou que a estimativa de produção da região é de 50.000 barris por dia. A notícia foi a principal manchete do site da Upstream nesta manhã.

Teste confirma produtividade do subsal-Petrobras

http://www.reuters.com/article/rbssUtilitiesNaturalGas/idUSN0830195820090909

Petrobras: Reservas recuperáveis de Guará no 1.1B-2B BOE

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090908-715868.html

Petrobras constata a “altíssima produtividade” do poço compartilhado com a Repsol

http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5iUbn0xK4kUyXaeiykl_4Rv3NgkQA

Guará pode conter 2 bilhões de barris de petróleo

http://www.upstreamonline.com/live/article187598.ece

Reservas do poço petrolífero de Guará podem chegar aos 2 mil milhões

http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=386036

O Wall Street Journal e o The Guardian publicaram matérias dizendo que as ações da Repsol YPF e do BG Group subiram acima da média com o anúncio de que o Campo Guará tem mais petróleo do que o esperado. As matérias citam a Petrobras como parceira do BG na concessão e a do Wall Street Journal cita o anúncio da Petrobras de que o bloco BM-S-9 tem cerca de 1.1 a 2 bilhões de barris de equivalente de petróleo em reservas.

Repsol e BG ganham com reservas de Guará

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090909-703770.html#printMode

 BG ganha com grande descoberta de petróleo e gás no Brasil

http://www.guardian.co.uk/business/marketforceslive/2009/sep/09/bggroup/print

A Reuters, a Dow Jones, a Bloomberg, a agência de notícias chinesa Xinhua, a BNamericas, a Upstream e a AFP distribuíram despachos sobre a declaração da Petrobras de que as obras no Campo Tupi foram reiniciadas após a suspensão das operações devido a problema técnico no início de julho. As matérias lembram que as enormes reservas do pré-sal atraem várias petrolíferas. A matéria da Bloomberg informa que as ações da empresa chegaram ao topo de seu valor nas duas últimas semanas por conta da notícia.

Petrobras reinicia teste de produção no campo Tupi

http://www.reuters.com/article/rbssEnergyNews/idUSN0827059020090908

Petrobras recomeça produção-teste no bloco Tupi

http://lta.reuters.com/article/businessNews/idLTASIE5870IO20090908

Petrobras recomeça testes de produção no Campo Tupi

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090908-707433.html

Petrobras reinicia perfuração em Tupi após consertos

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aMF5YlgDUs8s

Campo Tupi, no pré-sal brasileiro, volta a produzir

http://spanish.china.org.cn/international/txt/2009-09/09/content_18489822.htm

Petrobras reinicia testes de longa duração em Tupi

http://www.bnamericas.com/news/petroleoygas/Petrobras_reanuda_prueba_de_larga_duracion_en_Tupi

Petrobras abre as torneiras de Tupi

http://www.upstreamonline.com/live/article187568.ece

Campos de petróleo brasileiro contêm de 1.1 a 2.0 bilhões de barris: BG

http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5jq92ONLHS-i6PvR1qkLwYl4Y9beQ

A AFP publicou matéria sobre a declaração do presidente da Repsol YPF de que o Brasil é um país estável para os grupos petroleiros.

Brasil é um país estável para os grupos petroleiros, diz a Repsol YPF

http://cl.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia=200909091053_AFP_105300-TX-BKD96&idtel=  

A agência de notícias italiana Ansa publicou matéria sobre a ofensiva lançada contra o presidente Lula pelo Rio de Janeiro. Segundo a matéria, o governador do estado, Sérgio Cabral, esteve em reunião com cerca de 30 deputados federais de seu estado para coordenar como combaterão o novo modelo de exploração proposto por Lula na semana passada.

Rio em pé de guerra com Lula por causa do petróleo.

http://www.ansa.it/ansalatina/notizie/notiziari/brasil/20090908160334942730.html

A America Econômica publicou matéria sobre as reservas do pré-sal baseada na entrevista de Dilma Rousseff publicada no Financial Times de ontem.

Governo brasileiro tirará o país da desigualdade com as grandes reservas de petróleo

http://www.americaeconomica.com/portada/noticias/080909/SNbrasil.htm

O Financial Times publicou nesta quarta-feira um editorial sobre as mudanças propostas para o marco regulatório do petróleo no Brasil.

Desafinando em Brasília

http://www.ft.com/cms/s/0/1ce93d98-9ca7-11de-ab58-00144feabdc0.html

A Dow Jones distribuiu despacho sobre a declaração do IBP no Congresso de que as propostas para o novo marco regulatório do petróleo no país limitarão a competitividade e reduzirão empresas privadas a meros investidores.

Grupo comercial brasileiro: Propostas de lei do petróleo limitam a concorrência

 http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090908-712248.html

A BNamericas publicou matéria sobre os planos da Petrobras de investir US$ 111 bilhões milhões no pré-sal até 2020 segundo declaração do diretor financeiro da empresa, Almir Barbassa. A matéria informa que Barbassa teria também dito que a Petrobras pretende contratar 28 equipes até 2017 para acelerar os trabalhos de exploração e produção no pré-sal.

Petrobras planeja investir US$111 bilhões nas áreas do pré-sal – Brasil

http://www.bnamericas.com/news/petroleoygas/Petrobras_planea_invertir_US*111,400mn_en_areas_pre-sal

A Reuters distribuiu despacho dizendo que a Petrobras pretende ajudar seus provedores do plano do subsal com a venda de valores respaldados por ativos (ABS em sua sigla em inglês) no mercado doméstico, de acordo com matéria no jornal Valor. Segundo a matéria, a tentativa da Petrobras de reanimar o mercado mostra a recuperação de sua autoconfiança.

Petrobras trabalha em plano de ajuda a provedores: jornal

http://lta.reuters.com/article/businessNews/idLTASIE58710M20090908

A agência de notícias ADP publicou despacho dizendo que a Petrobras investirá R$ 480 milhões em campanhas publicitárias da exploração do pré-sal. Segundo a matéria, o maior alvo das campanhas será o orgulho dos brasileiros despertado com as descobertas do pré-sal.

Petrobras investirá US$ 260.5 milhões em campanhas publicitárias do pré-sal em  2010

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-724915500-1569370373&key=D|139846|S|0|x|724915500

A ADP também publicou despacho sobre o investimento do setor de maquinário e equipamento nos desenvolvimentos pré-sal nos próximos quatro anos. Segundo a matéria, o anúncio do investimento de US$ 30 a 40 bilhões teria sido feito pelo presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli. De acordo com a matéria, o governo planeja aumentar o conteúdo mínimo obrigatório de equipamento para o setor do petróleo e do gás, agora em 65%, a fim de estimular a produção de equipamento e maquinário doméstica.

Setor de equipamento e maquinário brasileiro deve investir até US$40 bilhões para acompanhar a exploração do subsal

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-725042273-1569502213&key=D|139846|S|0|x|725042273

A Upstream publicou nota sobre o cancelamento do contrato da recém-construída unidade de perfuração semi-submersível da Odfjell Drilling, Deepsea Stavanger, pela Petrobras.

Deepsea Stavanger volta ao mercado

http://www.upstreamonline.com/live/article187574.ece

A Bloomberg e a Business Week publicaram despacho sobre a nomeação do novo presidente da Pemex, Juan José Suarez Coppel, anunciada pelo presidente do México, Felipe Calderón. Segundo a matéria, Coppel foi diretor financeiro da Pemex até 2006. A matéria lembra que o México pretende usar a Petrobras como modelo nos desenvolvimentos do petróleo no país.

Calderón escolhe Suarez Copel para chefe da Pemex

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=aXzZ7uz0zwjg

Pemex nomeia novo presidente

http://www.businessweek.com/bwdaily/dnflash/content/sep2009/db2009098_719017.htm