Destaques Internacionais

Novo marco regulatório, biocombustíveis, descoberta em Guará e produção em Tupi

 

A America Economia publicou matéria sobre o novo marco regulatório para o petróleo. A matéria dá um panorama geral da situação em torno do marco e é extremamente elogiosa em relação à Petrobras. Segundo o artigo, a empresa estaria a caminho de se converter em uma das melhores petrolíferas do mundo, particularmente entre as estatais, pois sua alta qualidade técnica e de gestão a possibilita que se torne uma equivalente a Statoil ou a Saudi Aramco.

O sonho do pré-sal de Lula

http://www.americaeconomia.com/335104-El-sueno-presal-de-Lula.note.aspx

A America Economia também publicou matéria sobre a intenção da Petrobras de se converter em uma empresa de energia em todos os campos e não se concentrar apenas na produção exclusiva de petróleo e gás. Segundo a matéria, o interesse do presidente da Companhia, José Sergio Gabrielli, em aumentar a participação na crescente indústria do etanol está consolidando a Petrobras como um dos atores estratégicos da produção do biocombustível. A matéria cita a declaração de Paulo Roberto da Costa, diretor de Abastecimento da empresa, de que a Petrobras poderia duplicar sua exportação de etanol se as usinas termoelétricas japonesas começarem a usar o combustível. A BN Americas também registrou o assunto.

Petrobras se consolida como um ator estratégico na produção de etanol

http://www.americaeconomica.com/portada/noticias/100909/SNbrasil.htm

Petrobras tem planos de aumentar a exportação de etanol para o Japão

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-726952617-1572380317&key=D|139846|S|0|x|726952617

A Bloomberg, a agência de notícias chinesa Xinhua, a Telesur venezuelana e a AFP distribuíram despacho sobre a declaração do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, de que o Campo Tupi pode render 1 milhão de barris por dia ou quase a metade da produção atual da Petrobras. A Bloomberg informa que as ações da empresa subiram no sétimo dia consecutivo, o melhor resultado da Petrobras no mercado em dois anos. Segundo as matérias, Lobão teria declarado que, com as reservas, a empresa pode crescer para ser a sétima ou oitava maior do mundo, após a descoberta dos campos do pré-sal.

Campo Tupi pode render 1 milhão de barris por dia

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aUMFYycbcOjg

Brasil será sétimo ou oitavo produtor mundial de petróleo, diz ministro

http://www.lanacion.com.py/noticias_um-267009.htm

Brasil se mostra como um dos oito primeiros produtores

http://www.telesurtv.net/noticias/secciones/nota/57443-NN/brasil-se-perfila-como-uno-de-los-ocho-primeros-productores-mundiales-de-petroleo/

Oficial: Brasil pode se tornar o 7º maior produtor de petróleo

http://english.people.com.cn/90001/90778/90858/90864/6754767.html

O anúncio das reservas em Guará continua repercutindo. A Businessweek reproduziu a matéria original publicada ontem no jornal britânico The Independent. O Times online publicou comentário do editor de negócios sobre o assunto, citando a Petrobras como parceira do BG Group no “campo gigante” ou “elefante” de Guará. A UPI e a Upstream impressa, publicada hoje, também publicaram matéria sobre a descoberta.

Descoberta de petróleo do BG no Brasil poderia “diminuir” a de seu rival

http://www.businessweek.com/globalbiz/content/sep2009/gb20090910_707567.htm

Pesos-pesados da coisa preta se medem para a competição

http://www.timesonline.co.uk/tol/comment/columnists/article6828322.ece

Brasil relata descoberta de poço gigante em águas profundas, produção deve começar em 2012

http://www.upiasia.com/Energy_Resources/2009/09/10/Brazil-reports-huge-deepwater-oil-field-output-to-start-by-2012/UPI-87871252618956/

A Upstream publicou nota sobre a possibilidade de outra grande descoberta de petróleo pela Petrobras na Bacia de Santos, no poço Abaré Oeste.

Grandes esperanças para a descoberta do Abaré Oeste

http://www.upstreamonline.com/live/article187754.ece

A BNamericas publicou nota dizendo que a Petrobras descobriu traços de petróleo em poços na costa na Bacia de Sergipe.

Petrobras encontra traços de petróleo em Sergipe

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-726866619-1572117741&key=D|139846|S|0|x|726866619~

A Bloomberg publicou nota sobre a concessão de contrato de mais de US$250 milhões da Petrobras à Subsea 7 Inc.

Subsea 7 ganhou contrato de longo-prazo com a Petrobras, no valor de US$250 milhões

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=aRBP0xlmZjp0

A EFE distribuiu despacho sobre a assinatura do contrato da YPFB boliviana para exportação de gás para Cuiabá, segundo declaração de fonte oficial. A EFE informa que o contrato durará 10 anos e prevê o envio de até 35.000 metros cúbicos diários de gás, que será fornecido através do gasoduto San Miguel-San Matias. A matéria informa que o presidente da YPFB, Carlos Villegas, teria dito que o preço a que se venderá o gás a Cuiabá é superior ao de um contrato maior vigente com a Petrobras, de US$4,3/1 milhão de BTU. A EFE informa ainda que as negociações de exportação de maiores volumes de gás ao Brasil estão sendo feitas através da Petrobras.

A petroleira estatal boliviana assina um acordo para enviar gás a Cuiabá

http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5gnoyvOxs25XeyqqvUF8kPgdyQcZQ

O jornal britânico The Times cita a Petrobras em matéria sobre os planos da petrolífera Desire para exploração de petróleo nas Malvinas. A Petrobras, em consórcio com a Repsol e a BP, também tem planos de perfuração na região, de acordo com a matéria.

Planos da Desire para perfurar poços nas Malvinas enche o Atlântico de otimismo

http://business.timesonline.co.uk/tol/business/industry_sectors/natural_resources/article6829829.ece

A BNamericas publicou nota sobre novos acordos assinados pela Petrobras com outras empresas estrangeiras interessadas em participar das unidades de segunda geração para produção de resinas no Comperj.

Petrobras continua negociações com empresas estrangeiras para o projeto Comperj

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-726929160-1572295992&key=D|139846|S|0|x|726929160

A BNamericas publicou também matéria informando que a Petrobras está interessada em grandes usinas locais de etanol para futura aquisição, segundo declaração do diretor de Abastecimento, Paulo Roberto Costa.

Petrobras interessada em grandes usinas locais de etanol

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-726788958-1571880324&key=D|139846|S|0|x|726788958

A Dow Jones distribuiu despacho dizendo que Mauricio Tolmasquim, presidente da EPE, declarou que o governo brasileiro já tem controle de votos na Petrobras e não precisa “dominar” as ações da empresa. Segundo a matéria, seus comentários poderiam ajudar a diminuir as preocupações dos acionistas minoritários sobre diluição com o plano do governo de injetar capital na petrolífera. Tolmasquim teria, no entanto, confirmado que os rendimentos da oferta de ações dariam à Petrobras maior flexibilidade financeira.

Oficial brasileiro: Não há necessidade de o governo aumentar participação na Petrobras

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090910-716147.html

A edição asiática do jornal Wall Street Journal publica hoje a matéria dizendo que a Petrobras defende o projeto para o novo marco regulatório. A matéria, que saiu ontem nas edições da Europa e dos Estados Unidos do jornal, é sobre a viagem do presidente José Sergio Gabrielli. A Upstream impressa também aborda a campanha que será iniciada pelo presidente Gabrielli, esta semana em reuniões em Nova Iorque, Londres e Paris com o objetivo de explicar a reforma e seu significado para investidores. A matéria discute a repercussão do marco regulatório.

A Upstream impressa cita a Petrobras em matéria sobre a nomeação do novo presidente da Pemex, Jesus Reyes Heroles. A matéria informa que a Petrobras será usada como modelo para a Pemex.

A Upstream impressa publicou matéria sobre a injeção de capital do governo na Petrobras e sua intenção de aumentar a participação na empresa.

A Andina, agência de notícias do Peru, distribuiu matéria dizendo que a produção de gás aumentou 3,42% nos primeiros oito meses do ano. A Petrobras está em 4º lugar no ranking do aumento de produção.

Na Bolívia, o jornal Opinion traz matéria dizendo que a YPFB vai exportar gás para Cuiabá, diz que o contrato com a Cia Mato-grossense de Gás terá preço maior do que o existente com a Petrobras.