Destaques Internacionais

Pré-sal, reuniões do presidente Gabrielli com investidores em Nova York e descobertas são destaques

 

A agência de notícia italiana Ansa publicou artigo afirmando que o presidente Lula insistiu para que empresários investissem em atividades ligadas à indústria petroleira, na reunião extraordinária do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, realizada ontem em Brasília. Segundo a matéria, o presidente teria dito que as grandes reservas de petróleo do pré-sal modificarão a “estrutura econômica” do país. Lula teria dito, segundo o artigo, que ainda não tem “nem noção do que pode acontecer daqui a seis ou sete anos” quando as plataformas dos campos do pré-sal entrarem em funcionamento. A matéria afirma que Lula teria dito que o país terá que multiplicar por três ou quatro os investimentos devido à demanda da indústria petrolífera e teria citado a Petrobras como exemplo, lembrando que a empresa já anunciou a contratação de 28 sondas e um número significativo de plataformas para exploração de petróleo a mais de 300km da costa.

Petróleo mudará a economia do país, diz Lula 

http://www.ansa.it/ansalatina/notizie/notiziari/brasil/20090915202934946773.html

A Petroleum Intelligence Weekly publicou matéria sobre as reuniões de José Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras, com investidores em Nova York esta semana.

Presidente da Petrobras, Gabrielli promove reformas do petróleo no Brasil

http://www.energyintel.com/DocumentDetail.asp?document_id=638065

A Reuters distribuiu despachos dizendo que o plano de capitalização da Petrobras pode render de US$ 15 bilhões a US$ 25 bilhões em direitos de exploração de petróleo para a empresa, de acordo com analistas. As matérias informam que a Reuters consultou quatro analistas que teriam dito que o acordo final entre o governo e a petrolífera seria provavelmente entre US$ 3 e US$ 5 por barril, o que daria à Petrobras reservas adicionais para facilitar o financiamento de seus projetos para o pré-sal.

Plano de capital pode dar à Petrobras US$25 bilhões em direitos de exploração de petróleo

http://www.reuters.com/article/rbssEnergyNews/idUSN155976020090915

Plano pode dar à Petrobras US$ 25 bilhões em direitos de exploração de petróleo

http://lta.reuters.com/article/businessNews/idLTASIE58E2JP20090915                                  

O presidente da Petrobras foi citado em matéria do Financial Times sobre a relação entre o dólar e o petróleo. Segundo a matéria, Gabrielli teria dito que “a principal variável a ser considerada é a estrutura de importação dos países produtores de petróleo. Se tiverem que comprar a maior parte de suas importações em preços definidos em dólar americano, provavelmente preferirão manter o petróleo denominado em dólar.”

Relação entre petróleo e dólar colocada à prova

http://www.ft.com/cms/s/0/40214690-a259-11de-9caa-00144feabdc0.html

A BNamericas publicou matéria dizendo que o pré-sal triplicará as reservas de hidrocarburetos do país. Segundo a matéria, as reservas devem atingir 50 bilhões de boe, segundo declaração de Haroldo Lima, diretor da ANP.

Pré-sal deve triplicar as reservas de hidrocarburetos do país – ANP

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Pre-salt_to_triple_the_country*s_hydrocarbons_reserves_-_ANP

A agência oficial de Cuba, Prensa Latina, distribuiu despacho dizendo que quatro comissões parlamentares foram instaladas no Congresso brasileiro para analisar os projetos legais do marco regulatório para a exploração do petróleo no pré-sal. A matéria descreve, em linhas gerais, a proposta do presidente Lula e sua repercussão.

Instalam-se comissões parlamentares sobre petróleo no pré-sal

http://www.prensa-latina.cu/index.php?option=com_content&task=view&id=117301&Itemid=1

O site do jornal El País e o jornal argentino La Nacion publicaram matéria sobre a descoberta de petróleo em Abaré Oeste, na Bacia de Santos. A matéria cita a Petrobras como parceira da Repsol no consórcio que fez a descoberta. O site do canal CCTV, um dos principais canais da China, reproduziu despacho da agência chinesa Xinhua sobre o assunto.

Repsol anuncia sua décima quarta descoberta do ano em águas do Brasil

http://www.elpais.com/articulo/economia/Repsol/anuncia/aguas/Brasil/decimocuarto/hallazgo/ano/elpepueco/20090915elpepueco_2/Tes

Brasil: revelam outra descoberta de petróleo e gás

http://www.lanacion.com.ar/nota.asp?nota_id=1174899

Petrobras e Repsol anunciam novo poço no “pré-sal”

http://www.cctv.com/program/e_BizChina/20090916/101359.shtml

Petrobras e Repsol anunciam novo poço no “pré-sal”

http://spanish.china.org.cn/international/txt/2009-09/16/content_18536437.htm

A BNamericas publicou matéria dizendo que o governo está promovendo a formação de uma aliança entre a Petrobras e a Vale para a produção de fertilizantes, de acordo com um artigo do jornal O Estado de S.Paulo que cita o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Governo aspira aliança entre Petrobras e Vale para produzir fertilizantes      

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-729684224-1577195468&key=D|139846|S|0|x|729684224

A Bovespa fechou em alta ontem, com maior index desde julho de 2008 – a nota da Bloomberg menciona alta de 0,5% das ações da Petrobras e a nova descoberta na Bacia de Santos.

O site da Offshore Magazine afirma que Petrobras economizou US$ 17 milhões em Iracema ao reduzir o tempo de perfuração através de serviços especializados. Acompanhamento em tempo real do desempenho também manteve a finalização do projeto antes do previsto, afirma Baker Hughes, que conduziu os trabalhos.

O Calgary Herald, com fonte na Reuters, cita o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, que espera ter ao menos sete plataformas de perfuração na Bacia de Santos até o final do ano e sua expectativa de diminuição do custo de US$ 100 milhões por poço.

Reportagem da Marine Log informa que a Petrobras aprovou recentemente um plano para fretar até 28 novas sondas de perfuração offshore, que serão todas construídas no Brasil. As plataformas, que podem ter construção iniciada este mês, devem ser utilizadas para a exploração em águas ultra-profundas, incluindo o pré-sal. Os equipamentos serão entregues entre 2013 e 2018.

O jornal canadense The Windsor Star traz reportagem sobre a vontade do país em estabelecer acordos de livre comércio com o Brasil, apontando como iniciativa a abertura de novo escritório em Recife. Como atrativos e prova de desenvolvimento no País, menciona a construção de P-51 pela Petrobras com investimento de US$ 850 milhões totalmente brasileiro e a nova legislação petrolífera.

Texto do tailandês The Nation fala sobre a parceria de duas décadas entre Brasil e China nas áreas de tecnologia espacial, aviação, militar e aponta o setor de energia como umas das principais parcerias recentes. Cita o acordo de US$ 6 bilhões para construção de seções de oleoduto para exportação da Petrobras para China, contratos da Sinopec e financiamento chinês em favor de Tupi.

O Financial Times online traz matéria sobre o anúncio da BG sobre nova descoberta na região da Bacia de Santos, a segunda em menos de uma semana. Não foi divulgado o tamanho da nova reserva em Abaré do Oeste, porém CEO da BG elogia as oito descobertas feitas pelo grupo de exploração, que inclui a Petrobras, nos últimos três anos. O papel crescente de liderança do Brasil em Energia é resumido pelo presidente Gabrielli: “Estamos em um ótimo momento”. 

Outro britânico, o Evening Standard também trouxe nota sobre a descoberta da BG, além de mencionar a descoberta de Guará na última semana, que pode ter até 2 bilhões de barris de óleo – descobertas estas da operadora do bloco da Petrobras.

Reportagem da Bloomberg sobre a descoberta menciona ainda o encontro do presidente Gabrielli com investidores em Nova York na defesa da decisão do presidente Lula em aumentar o controle regulatório sobre a indústria energética – incluindo a iniciativa de tornar a Petrobras a única operadora nas reservas de pré-sal.

Outras agências e periódicos noticiaram a descoberta, como o The Wall Street Journal, e o MarketWatch – este com comentário de analista da Killik & Co. afirmando que  a descoberta confirma a reputação das ricas e ainda inexploradas reservas. O El País também destacou a descoberta.