Destaques Internacionais

Pré-sal e novo marco regulatório do petróleo são destaques na imprensa estrangeira

 

A Bloomberg distribuiu matéria sobre a declaração da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, de que o projeto de lei para reservar 30% de participação nos campos do pré-sal para a Petrobras está “em linha com as melhores práticas”. Segundo a matéria, a ministra teria dito que regras claras são pré-requisitos para atrair investimentos para os campos de petróleo.

Participação da Petrobras no pré-sal de bom tamanho, diz Rousseff

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aTAM8u7aQkQM  

O Wall Street Journal online publicou matéria sobre a declaração de José Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras, de que o desenvolvimento das reservas do pré-sal deve ser viável a menos do que US$ 45 o barril. Segundo o jornal, Gabrielli teria dito que “do ponto de vista econômico, o subsal já é viável e será ainda mais lucrativo quando soubermos mais sobre sua capacidade”. A Upstream publicou matéria baseada no despacho da Dow Jones, agência ligada ao Wall Street Journal.

Petrobras: Subsal viável a menos de US$45/barril -Estado

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20090922-710857.html 

Pré-sal economicamente viável a US$45

http://www.upstreamonline.com/live/article191896.ece 

A BNamericas publicou matéria dizendo que o presidente da Petrobras teria informado a jornalistas que a Companhia aposta em 100% de sucesso nos poços da Bacia de Santos. Segundo a matéria, Gabrielli teria dito que “perfuramos 13 poços e encontramos hidrocarburetos em todos eles. Esta é uma taxa extremamente alta, considerando que a média mundial de sucesso em perfuração exploratória é de 30%”.

Petrobras aposta em 100% de sucesso nos poços do pré-sal na Bacia de Santos

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Petrobras_touts_100*_success_rate_in_Santos_basin_pre-salt_wells 

A BNamericas publicou outra matéria sobre o interesse da China e da Arábia Saudita nas reservas do pré-sal, segundo declaração da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. Segundo a matéria, a ministra teria dito que “eles querem saber mais sobre a nova estrutura de E&P do petróleo e analisar futuras oportunidades”. A matéria lembra ainda os principais pontos do novo marco regulatório e informa que José Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras, teria dito que as atividades de E&P no pré-sal continuarão mesmo que os preços do petróleo caiam para US$ 45 o barril.

China e Arábia Saudita de olho no pré-sal – oficial

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/China,_Saudi_Arabia_eyeing_pre-salt_area_-_official 

A Bloomberg publicou despacho sobre o interesse da Total de expandir sua atuação no Brasil como parte do plano para reverter a queda na produção, desenvolvendo novos projetos. Segundo a matéria, o presidente da Total, Christophe de Margerie, teria dito, após encontro na semana passada com o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, “acreditamos que podemos ajudar a Petrobras a desenvolver os enormes recursos que têm a sua frente”. A matéria informa ainda que, segundo declaração via e-mail da Petrobras, a empresa teria assinado um Memorando de Entendimento com a Total durante a visita de Gabrielli à França.

Total interessada em parceira com a Petrobras para crescimento do Brasil

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=a49HZTiXwquY  

A Bloomberg TV também entrevistou o presidente da Total, Christophe de Margerie. O presidente da Total cita a Petrobras quando fala de seu interesse de expansão no Brasil.

Margerie diz que petróleo é supervalorizado com base no abastecimento: Vídeo

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=aGY7QilJ_Dns 

O site do Le Monde publicou matéria sobre as novas descobertas de petróleo nas últimas três semanas. A matéria cita a Petrobras ao mencionar a descoberta do Campo Guará e diz que as descobertas recentes marcam a reviravolta na história da prospecção. Segundo a matéria, esta se deu por três razões: o progresso tecnológico, os regulamentos para utilização desta tecnologia e a convicção de que a demanda por petróleo se manterá a um nível elevado.

Boas novas, a prospecção petrolífera está de volta

http://www.lemonde.fr/la-crise-financiere/article/2009/09/22/bonne-nouvelle-la-prospection-petroliere-est-de-retour_1243613_1101386.html

A BNamericas publicou matéria sobre o interesse da Petrobras nos campos de petróleo na Africa, onde pode explorar o potencial de reservas de petróleo no pré-sal. Segundo Mauro Yuji, gerente de planejamento de E&P da Petrobras, “a camada do pré-sal brasileiro formou-se a cerca de 130 milhões de anos, quando a América do Sul e a África ainda eram parte do mesmo continente. A geologia é praticamente igual em ambas as costas”.

Petrobras deve explorar potencial do petróleo no pré-sal da África

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Petrobras_to_pursue_potential_pre-salt_oil_in_Africa 

O Financial Times publicou hoje um caderno especial de quatro páginas sobre “Energia nas Américas”. Um dos artigos, que abriu a última página do caderno, é uma análise do correspondente do jornal no Brasil, Jonathan Wheatley, sobre as incertezas em relação ao desenvolvimento do pré-sal sob o novo marco regulatório em discussão no Congresso. A matéria lembra os principais pontos do novo marco regulatório e as discussões em torno do novo sistema de compartilhamento de produção. Além disso, o FT afirma que analistas consideram o papel dominante dado à Petrobras pode ser demais para uma única empresa.

Grande descoberta em águas profundas aquece o debate

http://www.ft.com/cms/s/0/298e1acc-a75c-11de-9467-00144feabdc0.html 

Link para o caderno especial Energia nas Américas:

http://www.ft.com/reports/energy-americas-2009 

O jornal colombiano La Republica traz matéria com recomendação de investimentos no Brasil. Destaca as oportunidades em empresas como a Petrobras.