Destaques Internacionais

Petrobras entre as melhores empresas de 2009 e pré-sal são destaques na imprensa estrangeira

 

A BusinessWeek classifica a Petrobras como a 22ª melhor empresa do mundo.

As melhores empresas do mundo 2009

http://www.businessweek.com/globalbiz/content/sep2009/gb20090930_066258.htm?chan=globalbiz_special+report+–+worlds+best+companies+2009_special+report+-+world%27s+best+companies+2009+

A lista

http://bwnt.businessweek.com/interactive_reports/global_champs_2009/index.asp?chan=top+news_special+report+–+health+care+reform_special+report+-+world%27s+best+companies+2009+

A Dow Jones distribuiu despacho informando que José Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras, teria dito que os poços na camada do pré-sal custam, cada um, 100 milhões de dólares. Segundo a matéria, Gabrielli teria também dito que o poço piloto no campo Tupi seria lucrativo a US$ 40 ou US$ 45/barril. O site do Wall Street Journal deu matéria sobre o assunto.

Presidente da Petrobras Gabrielli: Cada poço do pré-sal custará U$100M

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20091006-712858.html

O presidente da Petrobras, segundo a agência de notícias chinesa Xinhua, teria anunciado que a empresa obteve resultados positivos em 41 dos 47 testes realizados nas reservas do pré-sal. A matéria informa que Gabrielli teria dito que este resultado representa três ou quatro vezes a média mundial. Segundo a Xinhua, Gabrielli defende o novo marco regulatório, pois a área do pré-sal é de baixo risco e com potencial de alta produtividade.

Petrobras acha petróleo em 41 dos 47 testes do pré-sal

http://spanish.china.org.cn/international/txt/2009-10/07/content_18660564.htm

A Dow Jones distribuiu despacho sobre a declaração da Petrobras de que os planos do governo de obter maior participação no desenvolvimento do pré-sal estão de acordo com a constituição, segundo a Agência Estado. Segundo a matéria, Gabrielli também teria negado que a atual lei do petróleo seja responsável pelo crescimento da empresa devido ao estímulo à concorrência. Gabrielli teria dito que “[a lei] sozinha não era suficiente para atrair investimentos e estimular a concorrência. A Petrobras estava sozinha nos leilões para os Campos Tupi e Júpiter.”

Petrobras diz que planos do governo para o pré-sal são legais – Estado

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20091006-710962.html

A EFE distribuiu despachos em português e espanhol dizendo que o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou nesta terça-feira que o Estado deve se “apropriar” da nova riqueza petrolífera do pré-sal, mas esclareceu que isso não significa adotar um modelo de “economia estatizado”. “Não se trata de uma estatização da economia”, disse o ministro, que sustentou que o país está diante de “uma questão muito particular”.

Edison Lobão diz que Estado deve se “apropriar” da riqueza petrolífera

http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5jmMk0eAsX65wZc_cuzEO3DMiP-xQ

O Wall Street Journal e a Upstream publicaram matérias baseadas em despacho da Dow Jones dizendo que a Petrobras deve começar a perfuração de uma camada do pré-sal no estado da Bahia até o fim do ano, segundo reportagem da Agência Estado.

Petrobras deve perfurar a camada do pré-sal na Bahia -Estado

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20091006-706169.html

Petrobras pronta para perfurar na Bahia

http://www.upstreamonline.com/live/article195135.ece

O Wall Street Journal tem matéria informando que a Petrobras dará início às licitações para uma planta flutuante de GNL para o pré-sal e espera propostas em menos de um mês. Segundo a matéria, a Petrobras pretende que a planta esteja em operação até 2015.

Petrobras deve dar início a licitações para planta flutuante de GNL para o pré-sal

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20091006-711237.html

A Dow Jones publicou despacho dizendo que a Vale S.A. tem planos de fazer um pedido de US$ 1 bilhão para construir 11 navios graneleiros com dois estaleiros coreanos, de acordo com informações da agência de notícias Yonhap. A matéria informa que a Petrobras anunciará seu plano para encomendar 27 navios-sonda na próxima semana.

Vale deve encomendar US$1bilhão em navios graneleiros da Daewoo e STX – Yonhap

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-741922662-1596671018&key=D|139846|S|0|x|741922662

Na Suíça, o jornal Bilan traz análise sobre o que chama de novos fornecedores do mundo, com nomes de grandes empresas de países emergentes. Cita estudo da americana Boston Global Consulting Group. Na lista de empresas, a Petrobras está no topo do setor de energia, com outras seis petroleiras da China, Rússia e Malásia.

No site do Wall Street Journal, nota com base em matéria da Agência Estado diz que a Petrobras deve começar perfuração na camada de subsal na costa da Bahia no fim do ano. Cita o diretor Guilherme Estrella.