Destaques Internacionais

Emissão de bônus globais e obrigatoriedade de 5% de biodiesel no diesel em 2010 são os destaques

A Reuters e a Bloomberg publicaram matérias dizendo que a Petrobras vendeu US$4 bilhões em bônus globais em duas parcelas para pagar o empréstimo-ponte. Os bônus globais são de 10 e 30 anos. Segundo a Reuters, esta pode ser a maior venda de dívida corporativa feita por uma empresa brasileira. A matéria da Bloomberg lembra que José Sergio Gabrielli, presidente da Petrobras, disse no mês passado que as reservas poderiam aumentar mais do que o dobro em dois ou três anos, chegando até a 35 bilhões de barris.

Petrobras vende US$4 bilhões em bônus em 2 parcelas

http://www.reuters.com/articlePrint?articleId=USN2311070120091023

Petrobras vende US$4 bilhões de bônus de 10 e 30 anos no exterior

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aj8NtS40uvMU

Petrobras emite US$4 bilhões em dívida para 2020 e 2040 -fontes

http://uk.reuters.com/article/idUKN225321420091023

Matéria do Financial Times de hoje cita a Petrobras, mas com foco em Henrique Meirelles, presidente do Banco Central. A reportagem cita a Petrobras entre as maiores empresas brasileiras.

Brasil põe em xeque seu entusiasmo econômico

http://www.ft.com/cms/s/0/02e8bdb8-c1cf-11de-b86b-00144feab49a.html?nclick_check=1

A BNamericas publicou matéria, baseada em despacho da agência de notícias chinesa Xinhua, sobre o anúncio do presidente Lula de que a partir de janeiro de 2010 será obrigatória no Brasil a adição de 5% de biodiesel ao diesel derivado de petróleo. Segundo a matéria, a medida foi antecipada, pois a produção de biocombustível no país já supre a demanda nacional. A matéria informa que Lula teria pedido que o biodiesel nacional não ficasse dependente da soja e que fossem utilizadas outras oleaginosas para sua produção. Segundo a matéria, a Petrobras Biocombustíveis assumirá a obrigação de investir em novas oleaginosas antes de o mercado de soja sofrer modificações.

Mistura de biodiesel antecipada de 2013 para janeiro

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Biodiesel_admixture_brought_forward_to_January_from_2013

A BNamericas publicou matéria dizendo que a Fitch deu classificação Baa1 a duas séries de papéis globais a serem emitidos pela PifCo, Petrobras Finance Company. Segundo a matéria, a soma dos papéis pode chegar a US$5 bilhões e estes serão emitidos em duas séries em 2009 e 2039.

Moody’s designa classificação Baa1 a papéis da PifCo com garantia da Petrobras

http://www.bnamericas.com/news/oilandgas/Moody*s_assigns_Pif

O Wall Street Journal de domingo publicou reportagem sobre Mercado Financeiro e alguns analistas identificaram a Petrobras como uma das empresas para se investir em ações. Segundo a matéria, Craig Hodges, do Hodges Fund, teria dito que, a longo prazo, energia é um investimento fantástico.

Cinco maneiras de pegar carona na recuperação

http://online.wsj.com/article/SB125641887349906097.html

 A Bloomberg e a Bnamericas publicaram matéria sobre o contrato da Subsea 7 com a Petrobras. Subsea 7 ganha US$200 milhões da Petrobras

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601086&sid=aCd2Si_JrT5o

Subsea 7 obtém contrato de mais de US$200 milhões por campo  

http://ewatch.prnewswire.com/rs/display.jsp?a=20579-752134706-1612032582&key=D|139846|S|0|x|752134706

A Upstream publicou nota sobre o primeiro FPSO a ser utilizado no Golfo do México. Segundo a matéria, o FPSO BW Pioneer será utilizado no campo Cascade-Chinook da Petrobras e terá sua primeira produção em meados de 2010.

Golfo do México pronto para o primeiro FPSO

http://www.upstreamonline.com/live/article196926.ece

O jornal argentino La Nacion publicou especial sobre o Brasil. A matéria que dá um panorama do desenvolvimento do país, cita a Petrobras brevemente ao mencionar a relação do país com a Bolívia.

Brasil, por que seduz o mundo

http://www.lanacion.com.ar/nota.asp?nota_id=1188640