Destaques Internacionais 04/11/2009

Recursos energéticos, preço do petróleo e marco regulatório são os destaques

O Financial Times publicou hoje um caderno especial sobre energia que inclui uma matéria sobre os recursos energéticos do Brasil, chamado The Future of Energy (O Futuro da Energia). Segundo a matéria, embora o Brasil seja “abençoado” com recursos energéticos, o país tem tido dificuldade de garantir abastecimento de energia barato e confiável. A matéria cita a Petrobras, dizendo que em 2006 a empresa teve que aceitar a nacionalização de seus ativos na Bolívia dada sua carência de gás para abastecer usinas termoelétricas. A matéria informa que além de sua importância como produtor de energia limpa, o Brasil também se prepara para ser um grande produtor de combustíveis fósseis, com as reservas do pré-sal. A matéria informa os principais pontos do marco regulatório e cita novamente a Petrobras, que será a principal operadora do pré-sal.

Abastecendo o crescimento

http://www.ft.com/cms/s/0/d63195ba-c291-11de-be3a-00144feab49a.html

No mesmo caderno especial sobre energia, o FT publicou matéria dizendo que o preço do petróleo poderia subir novamente com a recuperação econômica e aumento da demanda. A matéria lembra que a tecnologia tem sido fundamental para a exploração do pré-sal, que possibilitará que o Brasil se torne o principal fornecedor da América Latina. A matéria lembra também que a Petrobras não apenas descobriu as reservas do pré-sal, mas foi nomeada como operadora das mesmas, e que José Sérgio Gabrielli, presidente da empresa, teria dito que o maior desafio da petrolífera é assegurar, no setor de serviços doméstico, o equipamento e a expertise necessários.

Crise afastada?

http://www.ft.com/cms/s/0/f9267d88-c291-11de-be3a-00144feab49a.html

A Dow Jones distribuiu despacho baseado em entrevista de O Estado de São Paulo com Francisco Nepomuceno, gerente executivo de produção e exploração da Petrobras, sobre os planos da empresa de perfurar o pré-sal na Bahia. Segundo a matéria, a empresa acredita que a região do pré-sal poderia ser maior do que a atualmente conhecida.

Planos da Petrobras para perfurar no pré-sal da Bahia – Estado

http://online.wsj.com/article/BT-CO-20091103-713880.html

A Upstream publicou matéria dizendo que uma comissão especial da Câmara dos Deputados deve votar o relatório sobre a primeira das quatro medidas do novo marco regulatório do petróleo, o fundo social do pré-sal. A matéria informa que o deputado Antônio Palocci teria dito que “até a oposição está a favor (da medida), com apenas alguns pequenos detalhes que precisam ser trabalhados.” A Upstream lembra que, de acordo com a Dow Jones, a votação do marco regulatório poderia ser adiada. Palocci, porém, teria dito que estes atrasos não interfeririam na votação do fundo social.

Comissão deve votar fundo social do pré-sal

http://www.upstreamonline.com/live/article197680.ece

A Xinhua publicou matéria sobre o debate na Câmara dos Deputados do projeto de lei para a cobrança de direitos para a extração de petróleo. Segundo a matéria, o deputado Henrique Alves sugeriu um aumento na alíquota a ser paga mensalmente de 10% a 15%. A matéria informa que o ponto que gera maior divergência entre os legisladores é o que determina a porcentagem de recursos que os estados produtores receberão. A matéria lembra os principais pontos do novo marco regulatório proposto pelo Presidente Lula e que a Petrobras terá exclusividade de operação na região, assim como 30% de participação em todos os blocos.

Debate-se a cobrança de direitos para extração de petróleo

http://spanish.china.org.cn/international/txt/2009-11/04/content_18824470.htm

A Upstream publicou matéria dizendo que o banco norueguês DnB Nor espera que os gastos com exploração e produção em 2010 voltarão ao nível de 2008, com a contribuição das petrolíferas nacionais, tendo a Petrobras como a principal peça na demanda por plataformas.

E&P deve se recuperar em 2010

http://www.upstreamonline.com/live/article197716.ece