Destaques Internacionais 09/04/2010

Relacionamento com investidor e Bacia de Santos estão no destaques desta sexta-feira

Segundo ranking das melhores companhias da América Latina, divulgado hoje, pelo site CNBC, o melhor diretor de Relacionamento com Investidores entre as companhias classificadas é Theodores Helms, da Petrobras, juntamente com Ana Carvalho, da Triunfo Participações. A Petrobras também ganhou na categoria de Melhor Classificada nos Procedimentos de Divulgação Financeira na América Latina.

Global ranking 2010: Melhores companhias da América Latina http://www.cnbc.com/id/36285277

Em matéria, o site Upstream informa que a Petrobras vai começar a produção no campo de Cachalote, na Bacia de Campos. A exploração vai começar com um navio de 100.000 barris por dia, segundo comunicado da SBM Offshore, a maior fornecedora mundial de plataformas petrolíferas flutuantes. A Petrobras está aumentando a frota de sondas de perfuração marítima em reservas offshore e pretende dobrar a produção para 5,7 milhões de barris por dia até 2020.

Petrobras se aproxima da largada de Cachalote http://www.upstreamonline.com/live/article211405.ece

O site internacional Upstream publica matéria sobre a retomada da exploração no bloco BM-S-10, na Bacia de Santos, pela Petrobras. Após um hiato de quatro anos, a estatal voltou ao campo onde fez sua primeira descoberta de pré-sal para perfurar o poço 4-BRSA-818-RJS durante aproximadamente 120 dias. A plataforma semi-submersível Noble Dave Beard realiza a perfuração, que sinaliza apenas o começo de cinco anos de contrato com a Petrobras. O poço será perfurado até uma profundidade final de 6.843 metros e faz parte da terceira e última fase do programa de exploração do BM-S-10.

A Petrobras analisa alternativas para ligar os mercados de gás natural do norte ao principal pólo de produção no sudeste, segundo notícia do Upstream. De acordo com a diretora de Gás e Energia da Petrobras, Maria das Graças Foster, o gás brasileiro já não tem mais limites e a companhia espera gerar uma quantidade considerável de gás no norte do país nos próximos anos. Só na Bacia do Solimões, a Petrobras comprovou a reserva de 52,8 bilhões de metros cúbicos de gás. A decisão de ligar o Norte ao Sudeste ainda depende das novas descobertas e dos custos de construção de um gasoduto.